terça-feira, 20 de março de 2018

Camelo polar

Quando uma mulher se veste com padrões de animais estampados nas roupas, está a comunicar a sua vontade de ser caçada. É toda uma simbologia tácita que aqui o Patife desvenda em três tempos. Quanto mais raro for o animal escolhido para padrão, maior o fervor de ser apanhada. E andam por aí, à solta, a exibir a sua disponibilidade para serem papadas pelo predador mais atento e eficaz, que normalmente sou eu. Este fim de semana, uma esteve a atiçar-me continuamente durante horas com uma camisa padrão de chita. Dali até casa dela era um instante, mas como desatou a chover apanhámos uma grande molha. Acho que foi a vez em que deixei uma mulher molhada mais depressa. Quando chegámos a casa dela, atirou-me uma toalha e uma t-shirt lavada e disse que se ia pôr “mais confortável”. Sei bem o conforto visual que normalmente esta expressão acaba por originar, com figurinos de rendas e lingeries provocadoras. E foi quando ela apareceu… de pijama polar. Assim a piscar o olho ao sexy-fofo, só que não. Eu sei que estamos no inverno. Sei que está frio. Mas esta transgressão do convívio sexual não é aceitável. Até percebo os pijamas de tecido polar quando se é casado há 10 anos. Aliás, essa é uma das muitas razões para não querer casar. Por isso é que a minha relação mais longa dura o tempo exato de uma pinada. Inteira. E olhem que são maratonas da esfrega. Longas caminhadas do pinanço. Agora, quando na primeira noite me aparece de pijama polar, com as calças de pelinho a arrepanhar-lhe as bordas da cona, sou capaz de jurar que me saltou um globo ocular. É que um camel-toe polar é contra-natura. É uma transgressão da teoria da evolução das espécies. É estar a brincar com a ordem da natureza. Estive para me ir embora com a afronta, até porque não sou nenhum bicho-papão. Mas tenho uma picha-papona. Por isso não descansei enquanto não lhe tirei o camelo das bordas da chona.

27 comentários:

Isa disse...

És um animal... Juro que não sei como consegues fazer-me rir com tanta javardice. Parabéns, é uma arte, com certeza... :D

António disse...

podias ter tirado o cavalinho da chona

Shiver disse...

A PETA já anda á tua procura ;)

João P. disse...

Ainda quaresma e jejum, conseguiste encontrar uma camela no polo! É o que chamaria um prémio após a travessia do deserto! 😎

Patife disse...

Isa:
Sou um grande animal. Na cama então sou uma besta. Com arte. E ri, Isa, ri. Entre o rir e o vir, está a virtude. ;)

António:
Apesar de ter estado a chover, era impossível tirar o cavalinho da vulva. ;)

Shiver:
Caço-as mas é caça recreativa. Não quero ficar com elas e levá-las para casa. Depois de caçadas, solto-as de volta para o seu meio natural de dengosice idealista. E trato-as muito bem. Quando não me pedem que as trate mal. ;)

João P.:
Oásis de chona é uma coisa. Um camelo nos polos é andar a querer que a Terra começa a girar ao contrário. Encontro com cada uma... ;)

Valerie disse...

Ahahahaha. Hoje estou vestida de leopardo!

Pseudo disse...

Tu, eu no Ártico e o meu pijama polar...era isto que aconteceria?? Kamedo!!

Isa disse...

"Sou um grande animal. Na cama então sou uma besta. Com arte. E ri, Isa, ri. Entre o rir e o vir, está a virtude. ;)" AHAHAHAHAHAHA :D és o maior, um animal, mas o maior :D

Miúda disse...

LOOOOL aposto que era um pijama polar fofinho :D
aposto também que o trataste com carinho enquanto o atiravas para o chão :p

Vanessa Flor disse...

Pura arte de bem escrever com irónica luxuria
.
* PODOLATRIA: Parafilia ou Fetiche Sexual? *
.
Kisses

DeepGirl disse...

Alto lá e pára o baile ! O que tens contra os pijamas polares ? Apesar de serem feitos de matérias químicas que em breve saberemos que são cancerígenas, são bem fofinhos e quentinhos ! Ela só queria que ficasses mais que uma noite, Patife... Foi um teste.

Cláudia disse...

Agora fiquei triste... eu uso pijamas polares e não estou casada há 10 anos =P
E ficam-me muito bem, para tua informação =P
Mas sim, no 1º encontro aparecer com isto não pode ser nada lol

Bj

Gaja Maria disse...

Ah Patife, estiveste bem. Pijama polar e ainda por cima camelo??? É de tirar sim senhor!

Diana Fonseca disse...

Nunca tinha pensado nisso dessa forma, lol.

Patife disse...

Valerie:
Passa no Chiado assim vestida, passa. É certo e sabido que vou acabar por ir à tua conaça. ;)

Pseudo:
Claro que não. Trataria muito bem do teu camelo. Enchia-lhe as bossas, não lhe faltaria nada. ;)

Isa:
acredita que aqui o Pacheco é que é o maior. Tem 30 centímetros, o que na verdade me deixa desiludido. Fiquei a um mísero centímetro de poder usar a expressão "31 de boca" com toda a propriedade. ;)

Miúda:
O polar ficou desfeito. Como uma manta de retalhos polares. Foi o polar e a chona da moça. ;)

Vanessa Flor:
Arte só a pinar. Quem escreve é aqui o Pacheco nas suas horas vagas. ;)

Deep Girl:
Pijama polar na primeira noite!? A sério? O conforto nunca foi chamado para uma primeira noite. Quem é que quer ter uma primeira queca confortável? E falho sempre nesses testes. De propósito, entenda-se. ;)

Cláudia:
O problema é ser no primeiro encontro. É violar todas as regras do bom senso e da educação de uma primeira pinada. Só faltava ir servir um chá e dar-me umas bolachinhas de água e sal. Vão muito bem com pijamas polar. ;)

Gaja Maria:
Tirei, trinquei, e meti-lhe na fresta. ;)

Diana Fonseca:
O Patife é um visionário. Quando quiseres pensar de forma diferente, já sabes. Sempre ao dispor. ;)

Ursa disse...

AHAHAHAHAHAHA. Como é possível seres uma besta a escrever e fazeres-me rir desta maneira????

Lucy disse...

Querido Patife
Totalmente solidária com você. Pijama polar? Mas nem no Polo Norte, mulher tesuda usa um negócio desse.
Seu Pacheco deve ter estremecido de tanto "pular", não?

Patife disse...

Ursa:
E ainda não viste tu como te faço vir. ;)

Lucy:
Pulei até lhe tirar aquilo de cima. Mas ainda hoje tenho pesadelos com o pijama. Qualquer tecido semelhante a polar deixa-me logo eriçado. ;)

cantinhodacasa disse...

" É uma das razões para não querer casar", ahahahaha!
Não acredito.
Sabes que detesto padrões de animais, caras, árvores, frutos em padrões de roupa... e odeio pijamas polares.
Mas deliro com os teus posts.

Anjinha Sexy disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk é impossível comentar-te como mereces, mas já me dói a barriga de tanto rir :-))
És o máximo!! Parabéns

Prazeres e Carinhos Sensuais

Beijoos ;-)

Olvido disse...

ahahahah
Se calhar tu não deixaste bem claro ao que ias... e a moça, por via das dúvidas, vestiu um trapinho quentinho e fofinho, que à primeira vista te apetecesse logo despir... :D

Patife disse...

cantinhodacasa:
Mas acredita. A intimidade dos relacionamento longos propicia o aparecimento de pijamas polares, de naperons, cães de loiça e de peidos conjuntos. Dispenso isso tudo. ;)

Anjinha Sexy:
Saber que te ris até de doer a barriga é o melhor comentário que posso ter. Fui coloca na Terra para duas funções: fazer rir e fazer vir. Gosto de saber que cumpro com ambas. ;)

Olvido:
Acredita que o Patife deixa sempre bem claro ao que vai. E se ela não sabia ao que ia com o Patife... vai ter o que merece. Eu tive o que não merecia! ;)

carpe vitam! disse...

Polar camel toe... que cómico contraste! Em vez de areia escaldante do deserto, o pé do camelo é envolvido em pelo espesso de poliester para enfrentar o frio polar... porque não? Pode não ser a coisa mais sexy do mundo, mas pelos vistos não te demoveu assim tanto. E não convém julgar o produto pela embalagem. Não te arrependeste de o ter consumido, pois não? ;)

Gil António disse...

.
Olá. Visitando, vendo, lendo, admirando, e gostando muito das suas publicações
.
* Amor: a Incompreensão dos sentimentos *
.
Votos de uma Páscoa muito feliz,
Repleta de amêndoas feitas amor
.

Nuno Filipe disse...

Passando e divertindo-me a ler o texto, acabo
.
Deixando:»
.
* Votos de uma Santa e Feliz Páscoa *
.

Patife disse...

carpe vitem!:
Queca dada, queca nunca arrependida. Mas mexeu com a ordem da natureza. Devia ser castigada. Bem, e foi. ;)

Gil António:
Até me pareceu ouvir um cântico de anjos nus a acompanhar as sua palavras. ;)

Nuno Filipe:
O Patife é sempre a favor da diversão. ;)

L das Horas disse...

Patife, morri com esta... gostei tanto que até escrevi sobre ti :P
Odeio pijamas polares!!!