segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Como fisgar o Patife

A preguiça é a mãe de todos os vícios. Mas mãe é mãe e é preciso respeitá-la. Como acordei cheio de preguiça, na mesma proporção que vontade de pinar, liguei o computador para ver se alguma das minhas amigas do Skype estava disponível para uma sessão voyeur. Por isso vesti-me, penteei-me e aprontei-me, pois sou um cavalheiro do digital. Quando estava pronto para a festa rija exibicionista, apercebo-me que já estou vestido e arranjado, por isso decidi ir antes engatar para o Chiado. Nem dois quarteirões tinha andado quando a encontrei. Tinha um ar de foliona sexual que não deixava ninguém indiferente e meia hora depois já estava toda embeiçada. Levei-a para casa a pensar naquelas beiças de volta do meu pincel, mas a estouvada da moça colocou-se logo na posição de cavaleira, pronta a montar-me como um puro sangue lusitano. Sempre que uma moça assume a posição de cavaleira tenho há anos na cabeceira da cama uma ventoinha que me apresso a ligar na direcção da rapariga, para dar um efeito visual mais cinematográfico. É maravilhoso vê-la a montar selvaticamente, com os cabelos a esvoaçar. Parece mesmo que está a galope. Mas após a galopada, a magana ousou dizer que queria “enroscar”. Só me apeteceu responder-lhe: "Ó filha, acabaste de me moer a rosca toda, não chega?”. Como nasci desprovido de um sistema de censura verbal, disse-o na mesma, porém, num tom simpático. Ficou logo azeda e pouco demorou a ir-se embora. Depois... estendo o meu corpo sobre a cama e entro em profundos dilemas morais e pensamentos de grande intensidade emocional e pergunto-me se alguma mulher me conseguirá verdadeiramente fisgar. Talvez. Com uma cona de pesca.

19 comentários:

Filhos do Desespero disse...

...mesmo assim dependerá do anzol...

:)

Fidelia disse...

Mas só engatas no Chiado!?!? Olha que o Chiado está cheio de gays! Ahahahah

Ana A. disse...

O truque reside sempre na qualidade do Isco!

LÍRIO SELVAGEM disse...

O isco vivo funciona melhor.

António Silva disse...

Ninguém é "fisgado" a foder a torto e a direito.

Patife disse...

Filhos do Desespero:
O melhor anzol é chona fresca. Mas não é bom o suficiente para prender. Fisga durante um tempo, mas o Patife consegue sempre acabar por se soltar. ;)

Fidelia:
Essa é uma das condições naturais do ecossistema social do Chiado que faz o Patife evidenciar-se ainda mais neste belo bairro. ;)

Ana A.:
O isco, por melhor que seja, come-se com arte para não se ficar preso no anzol. ;)

LÍRIO SELVAGEM:
Tenho muitos fetiches e fantasias, mas papar isco morto não é definitivamente um deles. ;)

NUTS disse...


Olha que sexo com uma ventoinha por de ser perigoso. Tu tem cuidado patife!

Patife disse...

António Silva:
Prometes? Prometes? Vá lá! ;)

NUTS:
Pratico sempre sexo seguro. Até a ventoinha leva preservativo. ;)

Lenita Sousa disse...

ihhihiihhi. E o isco chegará para uma pescaria acertada? E o isco melhor será vivo ou morto?
Áh, e essa cavaleira, que não conhecia, cavalgou de borla?
.
querendo, clike: * Acaricia meu sexo que exala o néctar dos segredos *
.
Deixando beijinhos luxuriosos

NI disse...

De tudo retive a ventoinha. Afinal não tenho só memória selectiva.

:)

Quarentona disse...

Isco... tss. tss, tss... o bom pescador sabe que o truque está no engodo :))))

Kique disse...

A moça podia ter apanhado um resfriado com esse ar todo....
Abraço
Kique
https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

Gaja Maria disse...

O isco é importante mas olha que a qualidade da cana não lhe fica atrás :)

António disse...

ainda hoje me questionava quando é que abria a temporada de caça à cona

Maria Flor disse...

Gostei de ler este episódio erótico, mas realmente o que me dispôs bem foi a pergunta de rectorica que colocaste a ti próprio.
A fisga um dia que te acerte não vai ser com cana nem com cona de pesca, isso é certo.
Um dia que sejas confrontado com uma patife mais patife que tu, que saiba domar a sua própria vontade e tesão, talvez aí o jogo de sedução te leve ao desassossego da paixão, e aí, se ela for astuta e inteligente, tudo é possível de acontecer.
Gostei do teu canto. Obrigado pela tua presença lá no meu esconderijo.
Votos de uma noite serena ;)

Patife disse...

Lenita Sousa:
Claro que cavalgou de borla. Pagar é como fazer batota no grande jogo da sedução. Não se faz. Só em role playing. Mas aí vale tudo. ;)

NI:
Gosto muito de as ver ao sabor da minha ventoinha. ;)

Quarentona:
Não sei se está no engodo, certo é que não descanso enquanto não as fodo. ;)

Kique:
Essa havia de ser bonita: um par de horas com um pau que mais parece um tronco de mogno enfiado pachacha acima e o que apanhava era um resfriado. Não deixava de ser irónico. Quase poético, até. ;)

Gaja Maria:
Não tenho dúvidas sobre a qualidade da cana. Já a qualidade da cona... ;)

António:
Declaro-a oficialmente aberta! A caça. Não a cona, entenda-se. Se bem que, no fim de conas, vai dar ao mesmo. ;)

Maria Flor:
No dia em que existir uma Patifa mais Patife do que eu, o mundo começa a girar ao contrário e será o apocalipse. Tempo para uma derradeira pinada. ;)

Pirata disse...

Tu tem cuidado Patife! Quando menos esperares és fisgado!

Patife disse...

Pirata:
Ainda agora, sem esperar, fui mamado. Close enough!? ;)

rapariga disse...

A mulher para te fisgar sou eu mas não tenho tempo, nem vontade, nem paciência. E também não estou disponível.

Já te leio aos anos mas só hoje me apeteceu comentar :)