segunda-feira, 9 de maio de 2011

Piquenique de pachacha

A extensa equipa de terapeutas que me trata recomendou-me ir passar o fim-de-semana para o campo, isolado do ritmo urbano-caótico-depressivo que, dizem eles, me impele a só pensar em aviar pachacha a metro. Por isso lá fui, preparado para enfrentar 48 horas inteirinhas sem apelos sexuais. Estão certamente a ver o drama. Uma quinta isolada no meio de um monte alentejano, rodeada de uma vastidão de ervas daninhas, oliveiras e passarinhos a chilrear. Só de imaginar o cenário ia tendo um enfarte do miocárdio fálico. Até escolheram uma quinta com um caseiro macho, para não haver possibilidade de uma escapada nocturna. As primeiras horas foram passadas como um autêntico toxicodependente a ressacar: suores frios, o nabo a latejar e a gritar por uma pachachinha perdida algures num qualquer recanto da quinta, a vasculhar cada divisão da grande mansão na vã esperança de encontrar uma beata com cona que fosse, esquecida por ali. Nada. Completamente nada. Ainda encontrei uns vestígios de rasto de nhanha de chona, mas já não eram deste mês por isso não o segui. Tenho princípios. A fome do Pacheco não me deixou dormir e no domingo já estava à beira de um ataque de nervos. Telefonei ao chefe da equipa de terapeutas que me sugeriu ir dar um passeio ao ar livre, respirar fundo e essas mariquices anestésicas. Caminhei muito e passada uma hora olhei para cima da colina e vislumbrei uma multidão de moças, ali, soltas no campo. Ah ca ganda piquenique de pachacha. Certamente que o périplo por este deserto sexual estava a originar miragens, pensei. Ainda hoje não sei se aquilo foi tudo uma ilusão fruto da abstinência ou um oásis de chona para turistas. O certo é que da miragem à pinagem foram duas letras de distância.

46 comentários:

Utena disse...

E lá está o ditado bem aplicado por aqui.
Não há fome que não dê em fartura.

VM disse...

estás no "Peso Pesado"?


=D

Patife disse...

Utena:
Efectivamente, não há fome que não dê com a minha fartura. ;)

VM:
Ahahahah. Eu não. Mas o Pacheco bem que podia estar. ;)

iPlagiator disse...

É fodida essa cena da abstinência.

Patife disse...

iPlagiator:
O pior da abstinência é exactamente o contrário do que dizes: Não é fodida cena nenhuma. ;)

Malena disse...

Huummm... Cá para mim, a abstinência (longuíssima) fez-te confundir um rebanho de ovelhas com um rancho de moças!! :P

EU SOU EU disse...

" O certo é que da miragem à pinagem foram duas letras de distância."
- depois de tanto sofrer a rir com a tua dor...eis que me deste o golpe fatal...simplesmente genial..

Patife disse...

Malena:
Também me veio tal coisa à ideia na altura. Por isso é que fui ver se tinham lã. A serem ovelhas estavam muito bem tosquiadas. ;)

EU SOU EU:
Elas também sofrem a vir até eu lhes dar o golpe final. ;)

desejo disse...

"Só de imaginar o cenário ia tendo um enfarte do miocárdio fálico";
"suores frios, o nabo a latejar e a gritar "; "uma beata com cona ";
" nhanha de chona", ahahahahahahahahahahahahahahahahaha

"Ah ca ganda piquenique de pachacha", ahahhahaha, fantástico"

" miragem à pinagem foram duas letras de distância" - a imaginação é fértil, quer seja miragem quer seja pinagem.

O teu Pacheco vislunbra tudo aquilo que não "vê".
És um sortudo. Mesmo nos ares alentejanos. Oh! quem me dera!

:)

desejo disse...

"Só de imaginar o cenário ia tendo um enfarte do miocárdio fálico";
"suores frios, o nabo a latejar e a gritar "; "uma beata com cona ";
" nhanha de chona", ahahahahahahahahahahahahahahahahaha

"Ah ca ganda piquenique de pachacha", ahahhahaha, fantástico"

" miragem à pinagem foram duas letras de distância" - a imaginação é fértil, quer seja miragem quer seja pinagem.

O teu Pacheco vislunbra tudo aquilo que não "vê".
És um sortudo. Mesmo nos ares alentejanos. Oh! quem me dera!

:)

Tripolar disse...

Diz que pito camponês é saudável...

Patife disse...

desejo:
A fertilidade, quer imaginativa quer pinativa, enche-me de desejos. E os ares do campo abrem-me o apetite. ;)

Tripolar:
É tenrinho e saboroso. Um pitéu, que é como quem diz: um pipi do céu. ;)

Tripolar disse...

Discordo: pitéu deriva da aglomeração de pito-do-céu!

;)

Aqueleparvo disse...

A extensa equipa de terapeutas que me trata... 48h sem apelos sexuais... O Drama... lol.
Tinhas aqui uma longa metragem:

"O Drama, o suspense, o horror em: Crónicas de um Pacheco - As 48h de murchidão."

Tripolar disse...

@Aqueleparvo: quem te disse que esteve murcho? Pode não ter havido estímulo, mas coisa que Pacheco já provou, foi que sabe "pensar por si" (independente do dono)!

Cota disse...

Que Génio este gajo, Respect respect

Aqueleparvo disse...

Pronto! Muda-se o titulo e até soa melhor assim: "Crónicas de um Pacheco: As 48h de celibato".

É pá! Que a malta aqui é protectora do Pacheco... Assim é que é!

Tripolar disse...

Pacheco a PR!
Foi celibato, foi..."ce li bato"! Dar com a mão na nalgatória foi o que foi!
Que creio que Patife não cumpre as guias de tratamento à risca! E tem graves problemas de interpretação das mesmas!

Não cumpre o tratamento e depois diz que viu pachachas em cima do monte a baterem as bordas de alegria!

Patife disse...

Tripolar:
Ahahahah. Tens toda a razão. Estou sempre a esquecer-me dos T. Acontece-me com o (t)rabalho e quando faço con(t)as. ;)

Aqueleparvo:
Ahahahaha. Lá de longas metragens percebe o Pacheco. E sim, tens de ter cuidado na uso das palavras que o Patife tens as costas tal como ficam as das gajas que me passam pelo Pacheco: Quentes. ;)

Cota:
O génio só aparece quando me esfregam a lâmpada. ;)

Tripolar:
Se há coisa que o Patife gosta é de dar o nabo à nalgatória. ;)

Aqueleparvo disse...

Ui! Já vi que sim e peço imensas dechupas á malta que se mostrou ofodida!

S* disse...

Meu caro, infalível. E o piquenique era com produtos de boa qualidade ou comeu qualquer coisinha?

Isis disse...

Ó Patife, que maldade. Mandarem-te assim para o "deserto da pachacha". Claro que pioraste! Agora é Chiado, é Camões, é tudo!

Isis disse...

Ó Patife, que maldade. Mandarem-te assim para o "deserto da pachacha". Claro que pioraste! Agora é Chiado, é Camões, é tudo!

minhasconfissoesmaisintimas disse...

Poxa, que blog legal! É a minha primeira vez aqui e pretendo voltar mais vezes!
Embora eu seja uma garota, eu sei bem como é essa aflição de estar em abstinência sexual. E nem quero imaginar o que aconteceria, se nesse estado, eu encontrasse alguém como você no campo =X
*Envergonhada*
Beijinhos!

Mars disse...

Este blog é um must... Patife (se te posso chamar assim), já sou tua fã ;)

SlaveGirl disse...

A mim querem-me pôr cinto de castidade!
É que já estou a entrar naquela fase de se notar o "antes" e "depois" a nivel fisico.
Hehehehe!

SlaveGirl disse...

P.S. - Patife, finalmente outro post que me ponha a chona aos saltos - se bem que coxa - ultimamente, achava-te desinspirado!
;)

Salvador disse...

Boa noite, Patife ))

Da pinagem à pilhagem também vão duas letras de distância e você, que veio para cá carregar a pilha, não tinha nada que se dedicar à pilhagem. Eh pá, que viesse para as vindimas, para a apanha do tomate, da azeitona, sei lá, qualquer coisa menos pilhar grelos.
Vou sugerir aos seus terapeutas a zona indicada para esse tipo de retiro sexual: A desgrelada e gelada Sibéria. ))

lampâda mervelha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Barão Mervelho disse...

Caro Patife

Um dia que volte para estas zonas, diga qualquer coisa. Mas avise apenas se quiser fugir da greloxicação.

Patife disse...

Aqueleparvo:
Ahahahah. Aqui não se pedem dechupas. Fazem-se. ;)

S*:
Eram autênticos frutos do bosque. Iguarias de prazer. A comida fresca faz bem à saúde. E houve lá uma fresca que foi bem comida. ;)

Isis:
Uma coisas apenas te digo: O Chiado neste momento é um local deveras perigoso para se passear. O Patife anda muito desperto. ;)

minhasconfissoesmaisintimas:
Pois o Patife quer imaginar. Aliás, vou passar o dia a imaginar o que faria. ;)

Mars:
Ora por quem sois. Podes chamar-me o que quiseres: Patife, Patifão, Deus da pinada, Guru da pranchada, Mestre do avianço, Trovador do esfreganço, Génio dos fundilhos, Catedrátido da minetada, Sábio da marretada. Qualquer coisa assim simples serve. ;)

SlaveGirl:
Entre o antes e o depois é que está a virtude.
P.S.: Ahahah. Desafio-te a encontrares um único post que seja inspirado. ;)

Salvador:
Ui. Até te agradecia. Adoro Russas-de-má-pêlo. ;)

Patife disse...

Barão Mervelho:
Ahahahah. Greloxicação é algo do qual o Patife nunca quererá verdadeiramente livrar-se. Talvez após os cem a coisa acalme. Mas agredeço a hospitalidade, hein? ;)

Sairaf disse...

Então posso dizer que és pachachódependente!!
ahahahhaha
O campo tem dessas coisas, iguarias suculentas
abraço doce caro Patife
Sairaf

Cyrus disse...

Ah ca ganda piquenique de palavras!!!!!!!

Patife disse...

Sairaf:
Mas é claro que podes. Mas também podes dizer que eu sou a personificação do tesão, o esperminador implacável, ou mesmo um pachecocêntrico. Admito tudo. ;)

Cyrus:
Experimenta com molho tártaro. Sabem ainda melhor. ;)

Miss B disse...

ola patife. andei desaparecida destas bandas pk o google me removeu o blog. mas voltei com o novo sexo e cenas. quando puderes passa lá

Petra disse...

Oh Patife então e o caseiro não dava só para aquela noitinha?

Patife disse...

Miss B:
Onde quer que haja "sexo e cenas" podes contar que o Patife passe lá. ;)

Petra:
Estamos saídas da casca hoje, hein? Dez palmadas de castigo nesse rabo. ;)

Valerie disse...

Deixas-me de queixos caídos com a tua escrita!!!

Mariluu disse...

Podias ter seguido uma beata, era uma foda santa! :D

Isis disse...

Olá! Tens um selo no meu blog :)
Beijinhos

Patife disse...

Valerie:
Curioso. Normalmente é o Pacheco que deixa miúdas de queixos caídos. ;)

Mariluu:
Por alguma razão existe a expressão: "Não vale uma beata". ;)

Isis:
Gosto muito de selos. Impelem a lamber. ;)

A Princesa disse...

Indo directamente ao assunto e ao que interessa...

Foi bom???

Bjo

Patife disse...

A Princesa:
Foi tão bom quanto um piquenique de pachacha pode ser. Roça a perfeição fodenga. ;)

Felina disse...

Olha que a miragem é muito traiçoeira, não terias visto uma manada em vez de ajuntamento de moças... a ressaca é lixada...

Patife disse...

Valerie:
O Pacheco é que costuma deixar muitas de queixos caídos. ;)

Mariluu:
Nah. Por alguma razão existe a expressão: "Não vale uma beata". ;)