segunda-feira, 23 de maio de 2011

Fazer das tipas coração

Há um gajo muito carroceiro dentro de mim. Os meus pais cedo se aperceberam disso e tais comportamentos não eram bem vistos na polida escola social em que o Patife cresceu. As boas notas serviam para serenar os ânimos mas também eram uma pedra no sapato. Enquanto me vaticinavam um futuro brilhante como neurologista, advogado ou empresário eu sonhava em trabalhar numa bomba de gasolina. É por isso muito comum, ainda hoje, o Patife terminar as pinadas com um mítico: Era para atestar, não era menina? Haviam de ver as caras que algumas fazem de papo cheio, imaginando-se um veículo automóvel. Sou eu com esta fixação de ser gasolineiro e o meu amigo Xerife com a profissão de sapateiro. Diz ele que tem o sonho de ser sapateiro para depois poder dizer com toda a propriedade às marmanjas que acaba de aviar: Agora que já te puxei o lustro vou dar à sola. Isto a propósito da mafarrica que ontem se aplicou no meu sardão. Após deixá-la devidamente atestada e, como gasolineiro experiente, rematar com um Cá está, nem saltou uma gotinha, a tipa surpreende-me com uma teoria absurda, coisa digna de psicóloga que, efectivamente, era: Ó Patife, a mim não me enganas tu. Só dizes essas coisas quando sentes que uma mulher se aproxima do teu coração, por defesa emocional. Aposto que já há por aí olhinhos a brilharem, ávidos de esperança, mas parem já com essa lamechice. Posso pinar a torto e a direito, ser embaixador da parvoíce e proporcionar a maior voltinha de carrossel sexual da vida de uma gaja. Mas há uma coisa que o Patife não faz: É fazer das tipas coração.

39 comentários:

S* disse...

É bom separar as águas, para não originar confusões.

Essa do gasolineiro... impecável!

Pintas disse...

Acho que vou causar aqui confusão mas no outro dia em debate sobre os textos do patife e o tipo de vocabulário usado chegamos a uma conclusão- Será que o patife é uma mulher escondida nesta personagem????

Petra disse...

Oh Patife, até essa de ser gasolineiro é mesmo de tarado porra....

Utena disse...

Patife...
Tu tem cuidado com esses sentimos escondidos :P
Ainda ficas escondido com o rabo de fora =)
Kiss

Blue star disse...

Essa é uma óptima politica, nada de misturar business with pleasure!!
Afoita a tipa.. ;)

Anónimo disse...

Na minha singela opiniäo de mulher, posso dizer q ela deve ter adorado os encantos e recantos do Patife,pois soa a quem quer mais.
Aviso:afaste-se rapido.
Mazi

Malena disse...

Huuuummmm... Permite-me que duvide... Há-de haver alguém que entre no coração do Patife... :)

Ulisses disse...

...sabes que elas, no fundo, tb gostam de sentir que domam o indomável...

:)

Libélula Purpurina disse...

Eu confesso que tenho uma curiosidade doida para ver o espécime de perto... Ó Patife, tu bem que me podias dar cinco minutinhos dessa honra... em nome da ciência! Eu sou um túmulo, palavra de insecto! E prometo ir despida de primeiras e de segundas intenções... só mesmo quartas, oitavas, ou décimas terceiras...

Patife disse...

S*:
A do gasolineiro é pecável. Gosto muito de coisas viradas para o pecado. ;)

Pintas:
Ahahaha. Até o Pacheco revirou o seu único olho após essa consideração. Vai lá penitenciar-te por esse disparate e depois volta que estás perdoado. ;)

Petra:
Obrigado pelo elogio. ;)

Utena:
Elas é que costumam ficar com o rabo de fora. E eu aproveito. ;)

Blue Star:
Muito atrevidota e pedante na sua afirmação, sim. Egos insuflados dão nisto. ;)

Mazi:
Afastei-me logo a meio da madrugada. ;)

Malena:
Desengane-se. O Patife tem uma sensibilidade de gnu, própria de quem gosta muito de ir ao cu. ;)

Ulisses:
Elas no fundo gostam é de sentir o Pacheco! ;)

Libélula Purpurina:
Ahahahah. O Patife é um Super-herói do pinanço. A sua identidade deverá permanecer secreta, a bem da nação. ;)

desejo disse...

Espectacular! Presumo que a tua gasolina é de óptima qualidade... bem refinafinha.


:) desejo

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

para fazer das t(r)ipas coração, então em vez de gasolineiro, só mesmo um mix entre o Derek Shepperd da Anatomia de Grey e a Mary Shelley. Entre os dotes de cirurgião de um e o Viktor Frankenstein, seguramente que o Mauvais Mac consegue, nos recantos da sua Mansarda com vista para o Chiado, (re)criar momentos tão intensos que até as tripas bombeiam...

...o quê, não sei! Deixo à imaginação de quem lê!!!

Beijo de Pin up da Bomba da Gasolina, por cima da parede em frente à caixa registadora!!!!!!!

Patife disse...

desejo:
É combustível de alta qualidade para uma superior combustão sexual. ;)

Stargazer:
Gasolineiro que se preze tem um fetiche particular com a pin-up que tem por cima da parede em frente à caixa registadora. E o Patife é e tem. ;)

Tripolar disse...

A bem da nação é melhor que fique anónimo, diz ele, ora vejamos.
O Patife só pode ser o...Presidente da Repúb(l)ica!

Alguém teve a visão do ar rebarbado do Cavaco Silva a compôr estes textos e a "amarfanhar" nas tipas vestido/despido de gasolineiro, a cheirar a gasóleo, suado e todo badalhoco de óleo dos travões?!

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Porque é que eu sabia que de toda a minha dissertação seria a parte do beijo/post scriptum que te iria servir como "teaser"?!

Beijo "atestado"

:)))

Aqueleparvo disse...

Nem mais... F*d*r aceita-se em qualquer ocasião, agora fazer amor é que nem morto!

Gostei da passagem biblica: "Agora que já te puxei o lustro vou dar á sola".

Patife disse...

Tripolar:
Ahahah. O Patife faz um esgar de horror, cerra os olhos e vai ver pornografia para se libertar dessa imagem. ;)

Stargazer:
O Patife é um livro aberto para a Stargazer. ;)

Patife disse...

Aqueleparvo:
Ámen! ;)

Tripolar disse...

Arrisco dizer que carece de algum exorcismo...

hipérbole disse...

Um texto cheio de inúmeras expressões! Mas é por estas e por outras que sempre tive medo de bombas de gasolina: uma chama perto e vai tudo pelo ar :)

Isis disse...

Quando for a uma bomba de gasolina vou lembrar-me deste texto e rir. Ou então passo a dizer "atesta-me querido" ;-)

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Also in Braille?

:)

Apicolector disse...

Só tipas Cu(ra)acção (risos)
abc

Patife disse...

Tripolar:
Nada que um bom strip não resolva. ;)

hipérbole:
Quando o Patife passa faz sempre faísca. Mas gosto de viver no limite do perigo. ;)

Isis:
Ahahahahah. Ora aí está uma coisa que eu gostaria de ver. ;)

Stargazer:
Ahahaha. Particularly in Braille.

Lolita disse...

O Patife anda muito lamechas!!
Das duas, uma! Ou a seta do cupido atingiu a tipa, o coração e o Patife!! Ou oriento-me no mesmo sentido que a Pintas.
E ainda a leitura ia a meio e esta percepção já se apoderava de mim. Vai-se a ver e não sou única!

Vá, não se zangue. Sabes que às vezes temos mesmo que fazer das tipas, coração!!! hehehe

Beijo

Patife disse...

Lolita:
Vocês estão todas dementes! O Patife só faz das tipas ração. ;)

Lolita disse...

heheheheheheh
Sabes aquela coisa que dizem das mulheres e do sexto sentido??
Não é demência, é mesmo uma capacidade extra ordinária de ver além de!!! hehehehe

Mas olha, independentemente de seres Patife ou Patifa, gostei do post, tinha um je ne sais quoi agradável, diferente!
;)

Sol disse...

Patife... melhor que um sapateiro só mesmo um mágico, que é aquele que fode e depois desaparece.

Maria Inês disse...

Melhor que qualquer sapateiro ou gasolineiro ... só o patife!

Patife disse...

Lolita:
O je ne sais quoi do Patife chama-se Pacheco. O resto é só conversa. ;)

Sol:
O Patife é fã dessa arte mágica. ;)

Maria Inês:
O melhor é que o Patife tem uma costela de sapateiro e outra de gasolineiro. ;)

Stiletto disse...

Olha, eu cá sou mais pelos mágicos, que são aqueles que dão uma bela queca e depois uma pessoa estala os dedos e eles desaparecem... assim como que por magia. O chamado gajo ideial :-)

Pulha Garcia disse...

very sentimental, pá. Sem defesas.

Patife disse...

Stiletto:
Ora aí está uma frase que me define. ;)

Pulha Garcia:
Sentimenta-quê!? ;)

Blogadinha disse...

Pagar às meninas para mexer em mangueira alheia?? Se não queres ser ourives e "fazer das tipas coração", abre uma empresa de calçado... :)

A Puta Educada disse...

Patife... the cunt breaker...

Laura M. disse...

Olá Patife!

Na minha opinião, as mulheres têm uma grande tendência para se apaixonarem por homens "inacessiveis". Existe um desejo inato de se sentirem tão especiais ao ponto de fazerem com que um gajo incorrigivel, mude toda a sua natureza e se apaixone perdidamente por elas.

De facto, a confiança e o arzinho "tou me a cagar" de alguns homens, tem um efeito especial nas mulheres. Infelizmente para nós, é o chamado efeito iman:)


Conclusão, não sei se o fazes de forma consciente, mas parece resultar. Resta saber, se não é uma personagem de quem tu vestis-te a pele, para chegar aos fins pretendidos.

Ah... importante será dizer que aquilo que disse não é revestido de qualquer sentido critico à tua pessoa:) Aliás, se te visito é porque gosto e me divirto muito a ler os teus post's.

Beijo

Patife disse...

Blogadinha:
Boa. Até tenho alma de calceteiro. ;)

A Puta Educada:
Ahahahah. Vou já mandar estampar uma t-shirt. ;)

Laura M.:
Bem sei. É tão magnético como o meu olhar na direcção de um par de mamas. É algo que não se consegue resistir. ;)

Corvo disse...

o Corvo disse - "Gos Tei"

Patife disse...

Corvo:
O Patife responde - "Obri Gado". ;)