segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Adeus


(Em forma de Bocandrade)

Já gastámos as palavras todas, meus amores,
e o que nos ficou não chega
para afastar o cio destas quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o riso das lágrimas,
gastámos as mãos na ânsia de nos escrevermos,
gastámos o relógio e o século dos dias
com palavras que nos suspendiam.

Meto as mãos nas algibeiras e não encontro nada.
Antigamente tinha tanto para vos dar,
era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais vos dava mais tinha para vos dar.

Mas isso era no tempo dos grandes enredos,
era no tempo em que as palavras refulgiam,
era no tempo em que os meus olhos
vos guiavam para um mundo onírico.
Hoje são apenas uns olhos.
É pouco, mas é verdade,
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meus amores,
já se não passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
que todas as chonas estremeciam
só de murmurar o meu nome
no silêncio da sua emoção.

Não tenho já nada para dar.
Dentro de mim
nada há para continuar.
O passado é tão bonito como um papo.
Mas já vos disse: as palavras estão gastas.

Adeus.

74 comentários:

Kapikua disse...

Foges Patife?
Acabou-se-te o tesão para estas merdas? :)

Grande abraço companheiro, foi sempre um enorme prazer ler-te, quer pelo humor quer pela tua inteligência!

Se voltares (neste ou noutro registo) diz qualquer coisa!

Kapikua disse...

Para finalizar dizer-te que sais em grande com este post!

Abraço

Anónimo disse...

Eugénio ficaria orgulhoso de ti.
Adeus.

Skin n Under disse...

Ao contrário da maioria, gosto de finais.
Este, algo me disse, que estaria por perto.
Obrigado por tudo

Malena disse...

Foi sempre uma diversão ler-te. :)
Vão ficar mais cinzentas, as segundas e as quintas...

Beijocas no Patife, que no Pacheco já tens muita gente a querer dar! :)

Carolina Duarte disse...

Não me digas que encontraste o amor, e já não queres partilhar as tuas patifarias! Parabéns pelo espaço que criaste aqui.

OM Nu(a)nce disse...

Patife meu querido Patife...
Não me digas que o Pacheco no meio de tantas cornetadas e patifarias, amochou... e encontrou a Bela Chona pela qual se apaixonou e todas as outras deixaram de fazer sentido?
Se assim foi é porque foste traído pelo Pacheco (pobrezinho)e ele é também um grande sacana...
Se assim é desejo as maiores felicidades a Ti ao Pacheco e a essa chona abençoada. :)
Um grande beijo em ti e muitas saudades.

OM Nu(a)nce

Feliz disse...

Oi! Então vais-nos deixar?!

desejo disse...


Mal li o título pensei ,"O Patife vai deixar-nos?"
Lamentavelmente, confirmo-o neste teu poema com que nos presenteias.
Há um tempo para tudo.
Este foi o teu tempo.
Vais deixar saudades.
Eu vou tê-las.
Tenho a certeza que foste seduzido (e ainda bem que sim).
Já tenho saudades.
Felicidades e, quando te lembrares destas chonas ansiosas de te ler, vem e deixa aqui uma das tuas fabulosas Pachecadas.
Com desejo, até à próxima.

:)desejo

R. disse...

Algo me diz que só deixas mesmo o blogue.

A tua saga continuará.

Um abraço.

R.

Isa disse...

é mesmo um adeus? rendeste-te finalmente a uma mulher e abraçaste a causa do compromisso, foi?
:p

Bianca disse...

Seja por qual razão ou motivo marcaste a blogosfera. Obrigada pelos sorrisos que desenhaste em mim ao longo destes 2 anos.Se voltares daremos conta de ti, se achares que não te encontramos denuncia-te :)!!!
Um beijo desta sempre tua,

C@bra.

Anónimo disse...

Mas qual Pacheco apaixonado por chona infame - ele vai é dedicar-se à literatura!

Como todos os outros antes dele ;)

Muito em breve vamos ter PAtife me Livro !!!

É o preço a pagar por um blog de sucesso lol !!!

Será que vai sair a tem po deste natal tb?

Pusinko disse...

Bravo Patife!
Foram muitas gargalhadas. :D

Beijo

Sol disse...

Não te vás.

Anónimo disse...

Adeus
A Deus
A do eus
Ah! Doeu...

Bjs

A Chata disse...

Tifinho!!! Estou triste. E suponho que as moças do Chiado também :/

Daniela disse...

Vais deixar saudades.
Obrigada pelos bons momentos que proporcionaste a todos os que por aqui passaram

AC disse...

Tenho pena que partas, dei por aqui boas gargalhadas, e no meio das palavras obscenas e dos trocadilhos deste-me a conhecer uma forma genial de construir textos e de brincar com o sentido das palavras...

Deixaste a tua marca, e vais deixar saudades.. Vai aparecendo por aí.

Beijinho Patife, obrigada:)

Anónimo disse...

nPatife, meu nPatife...

Já nAnónima não sou!... À cova escura
Meu coração foi parar desfeito em cimento...
Eu ao Pacheco nunca ultrajei! O meu tormento?
Incessante procura da tua pila dura.

Conheço agora já quão bela figura
Em prosa e verso fez teu louco intento.
Musas?... Tiveram todo o teu merecimento,
Fosse magra, gorda, bonita, feia, jovem ou madura!

Eu não me arrependo; a língua quase fria
Brade em alto pregão à vaginagem,
Que atrás do teu som fantástico gemia:

Outro Eros antes não houve... a majestade
Do seu pincel!... Oh! Se o creste, gente ímpia,
Ajoelha-te perante ele, crê na Patifindade!!!


Da sempre tua,

Anónima dos Enes

(foi um PRAZER ter feito parte desta caixa de comentários.)

Bj

Margarida disse...

Oh, meu patifão!
Um grande beijo para ti

Pedro disse...

És o maior Patife!!!
Eu sabia que estavas apaixonado!!
hahaha

Abração

Vai aparecendo lá no meu cantinho!!!

Felina disse...

Quer dizer que já completaste a volta ao mundo em 80 cricas?

Tudo tem um fim não é?

Fazes ideia da quantidade de cuecas que tive de lavar à tua custa?
Da quantidade de lágrimas a escorrer pelo meu rosto?

Espero que sejas feliz e te divirtas na mesma porporção que me diverti a ler os teus post e as tuas respostas aos comentários.

Espero que não seja um adeus mas sim um até breve nem que seja noutro registo

Benedita disse...

A blogosfera fica mais pobre. Bem mais pobre. Foram linhas e linhas de gargalhadas, de um humor único e de uma inteligência invejável a escrever neste domínio.
Felicidades Patife

Dias Cães disse...

Temos de conversar... Temos, temos!

Anónimo disse...

«É, então, a cerimónia do adeus?»

É uma pena, ainda agora aqui cheguei...

Mas é de facto um bom poema para a despedida, um dos meus favoritos (mas na versão original).

Beijinho Patife e cá te aguardamos qq dia em forma literária.

Niniche

Anónimo disse...

Foda-se Patife!! Eras um Senhor..um Mestre.. Não te vas antes que te venhas!!

Gargalhadas unicas!! Adorei ler os teus textos!! Genial!! Como ja disseram a blogsfera fica mais pobre e é bem verdade!!

Até uma proxima!! Boas chonas para ti!

Abraço Grande Mestre!!

Anónimo disse...

Aprendam a valorizar o que realmente importa!

Isso sim de extrema importância.

Anónimo disse...

É isso mesmo!

Isso sim de extrema importância!

Passion Addicted disse...

Tou triste. Patife is not in the house anymore!
Quando li o post segunda-feira esperei por quinta aparecer um a dizer "Hahahaha tava a gozar!"

Não apareceu!

Salvé, grande Homem! Os tolos que te seguem saúdam-te!

Aquele abraço

eu sou assim disse...

Saber sair em grande também é uma enorme virtude!

Parabéns e obrigado!

p.s. pelos comentários chega-se à conclusão que as mulheres adoram um grande sacana mas acreditam sempre que o amor um dia os vai vencer ;-)

desejo disse...

Patife, eu sei que leste os comentários e vais continuar a lê-los.
Quero deixar-te aqui uma pequena frase: "tenho saudades de ler-te".

Sê feliz.

Um abraço desta admiradora.

:) desejo

Trafalouca Nunes disse...

És grande, Patife...
Sim, eu sei que não sou a única a dizer isso.

Espero, pacientemente, pelo livro. Espero que tenha imagens. ;)

Apicolector disse...

Vai ser giro dirigirmo-nos ao balcão de atendimento e dizer : estou a procura de um livro chamado fode fode patife.. (risos)
boa sorte abc

Lourdes disse...

Creio que para la das habildades lexicas do Patife e para la das virtudes priapicas do Pacheco e para la das preocupacoes filosoficas do varao em questao, eu suspeito que o talentoso muchacho caminha rapido para o outro lado da felicidade, a muito vetusta pederastia.

S* disse...

Sacaninha... vamos ter saudades!

Anónimo disse...

coitado... pamordedeus!!!

O Sexo e a Idade disse...

E não mais o Chiado voltará a ser o mesmo...

Salvador disse...

Foi um gosto lê-lo, Patife. Um abraço e tenha uma vida boa ...))

Pulha Garcia disse...

Grande patifoide,

sempre que quiseres beber um copo três numa taberna suja, com calendários porcos na parede, sabes onde me encontrar. Forte abraço

Sexy Couple disse...

Vou sofrer horrores com saudades tuas, visitava-te, duas vezes todas as semanas.

E agora, como vai ser, hein?

Só quero que sejas aquilo que quiseres.

Um beijinho muito grande,
Ana

→ Calipso disse...

WHAT
DA
FUCK

retiro o que disse... disse...

Na certeza esperançosa, porém, de um re|encontro...

'Tifinho. :)

nAnonima disse...

Meu querido Patife, deixo-te aqui a minha última carta de amor...

http://anonimadosenes.blogspot.pt/2012/12/terceira-e-ultima-carta-para-ti-meu.html

(como acredito que não passes muito por lá, decidi trazê-la eu aqui. acho que é a primeira vez que publicito o meu tasco assim tão descaradamente, mas... é o Amor e o Amor tudo desculpa )

O Tímido disse...

Não gosto, mas respeito.

Fica a saudade...

Tolan disse...

Oh, não há mais patifarias? :| *snif*

Anónimo disse...

saudades.

NI disse...

Deixei passar uns dias para ver se era definitivo.

Resta-me agradecer-te pelas gargalhadas que dei. O início da semana.

Obrigada.

Beijo

LIRIO SELVAGEM disse...

Lamento... Ficamos a perder :(
Beijos...

xarmus disse...

MARICAS... hehehehehe

Vais fazer falta a muita gente... mas o que tem que ser tem muita força, e cada um sabe de si. Vais deixar saudades.

Mas acho que nós todos merecemos que nos satisfaças (homens incluídos) um ultimo prazer... é que digas se és homem ou mulher, que idade tens, e em que cidade vives. Se quiseres dizer mais alguma coisa, a malta vai apreciar.

Não sei o que os outros leitores pensam, mas eu nunca acreditei que fosses quem dizes ser. Um verdadeiro tarado sexual como o patife não resistiria às chonas que todos nós vimos oferecerem-se ao pacheco.

As hipóteses são muitas, mas o facto é que alguma coisa te impediu de desfrutar das ofertas.

Era giro da tua parte desvendares esse mistério.

Abraço

Dinha'' disse...

Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha.

Anónimo disse...

Mas alguém achas que este EMPATA FADAS vai dizer alguma coisa sobre ele?

xarmus disse...

Acho que nós mereciamos... o problema é que mesmo que ele diga... nunca saberemos se é verdade.

Mas achei muita piada ao "empata fadas"... heheheheheh

Anónimo disse...

Há coisas para as quais é preciso tirar as lentes para se lerem. E talvez haja coisas que podem ser coisas para muita gente. E talvez os istas deveriam ter sido eiros e os eiros não ter sido ados. E a or deveria ter sido outro tipo de or. Mas são tudo merdices...Bom Natal

Anónimo disse...

Feliz Natal, Patife.


:) desejo

Anónimo disse...

Pois,

Com ou sem lentes, existe malta que lê e depois existem outros que "sabem" ler.

O visível foi feito daquilo que não se vê!

nAnonima disse...

Boas e Muitas Festas nesse Lombo, Patifoide.

Luis Bento disse...

Já passei por essa crise...Acho bem que te deixes de merdas e voltes a escrever! O país está uma merda e merda pior que isto é ficar sem as tuas merdas..Humor cáustico de qualidade. Pornografia intelectual, agitar erótico de consciências...enfim, não interessa o catálogo, queremos o conteúdo!
A menos que...saias do blogue e voltes em forma de livro...

ANTÓNIO DA CEREJEIRA SALAZAR disse...

olha que essa de meter as mãos nas algibeiras e não encontrar nada é grave...

nAnonima disse...

Sei que pareço uma viúva a chorar (mijar) na campa, mas olha, que fazer, esta porra faz-me falta.

Um feliz ano de 2013 :)

Clint disse...

Ahhh Patife...
E eu que pensei que isto era só um coitus interruptus...
Grande abraço e grande ano 2013.
Chega-lhes!

POC disse...

Patife, como já aqui foi dito, marcaste a blogosfera com humor e inteligência como poucos.

Tenho pena do desenlace.
Desejo as maiores felicidades.

Um abraço. E não te esqueças que foi o Simão Escuta quem fez do teu Pacheco o melhor cabeçalho que elas já viram.

Mariluuu disse...

Saída genial, não concordo com o Xarmus, se nada disseres ficarás sempre no nosso imaginário. Adorei seguir, muito me ri. Deixas saudades, um legado, daqui uns anos este blog são os lusíadas :D

Pindrikaz disse...

dass, parece que cheguei atrasado... que textos do caralho! faz lembrar o diario do meu pipi... Parabens! se sair livro, é compra certa!

Leão da Estrela disse...

Foda-se amigo, mesmo que alguém não saiba onde poisas, querendo encontrar-te, basta seguir o rasto de corrimento destas chonas carpideiras.
E sendo alguém dado a habilidades, pode até seguir de sky, tal é a quantidade de líquido regueifal que segue em direcção à tua toca.
Caralho, que vou abrir um negócio de dodot's à tua porta!

Grande abraço ma frend!

Anónimo disse...

Querido Patife ! Sei q não é dado a queridices ,mas como parece ser msm um derradeiro final penso q não se vai chatiar cmg .Agradeço profundamente ter-me alegrado tantos dias duros da vida de uma portuguesa na Alemanha. Acredite q fiquei mais atenta a raça masculina à sua conta !(tendo na msm caido vezes sem conta na cantiga dos Pachecos )Um sincero mt Obrigado !.....Beijokas ;)
Mazi

Francisco R disse...

muito bom!
http://franciscohere.blogspot.pt/

Petra disse...

Volta Patife! beijinhos

Anónimo disse...

http://hotel-oriental.blogspot.pt/
Visita! Agora em novo registo.
(Era o my-skin-and-under)
Espero que gostes.

Anónimo disse...

Ninguém sabe onde se meteu este hombre?

As mulheres dão-lhe assim tanto trabalho que ele não tem um tempinho para alegrar a malta?

Ninguem sabe se ele tem novo registo ou assim?

Abreijos.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
ecos
de
la
tarde
callada
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


COMPARTIENDO ILUSION
PATIFE

CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE MASTER AND COMMANDER, LEYENDAS DE PASIÓN, BAILANDO CON LOBOS...



José
Ramón...

Anónimo disse...

Ó Patife, meu valente caralho,desculpem queria dizer camarada, vai de frosques? - eu ía dar a cadeira - "o preparo do minete" - assim sendo, vou a cadeira na Igreja da Sé.

o Falta d'Are

Anónimo disse...

Adeus Patife, cuidade bem de si e do seu apéndice para que tenham os dois uma vida cheia do melhor durante muitos e muitos anos. Cumprimentos

Marota

Anónimo disse...

http://simplessensation.blogspot.pt/

NOVIDADES!! VISITEM