segunda-feira, 23 de abril de 2012

Em Abril pachachas mil

Desde pequeno que ouço esta expressão e desde que comecei a pinar descobri que é a uma verdade insofismável. Há quem diga que a época mais propensa ao pinanço é o Verão e as suas feromonas em brasa, mas na verdade, o mês de Abril é que mete as chonas aos saltos encarpados. Ou isso ou sou eu que atinjo um pico de sensualidade neste mês que faz o Pacheco atrair pachachas com o mesmo magnetismo que o olhar hipnotizante da cobra atrai as suas presas. Mais uma vez, este ano comprova a minha teoria. Estava eu sentado, entretido comigo mesmo, a ler num café, ainda a descansar das sete horas de grandioso chavascal em chona nortenha, quando levanto o olhar e reparo que não uma mas duas gajas me estavam a observar com ar de devassa-que-já-levava-na-chona-lassa. Uma do lado esquerdo, a outra do lado direito. Como sou um cavalheiro ia respondendo ao olhar de uma e de outra indiscriminadamente, pelo menos até decidir qual é que iria afiambrar. Ainda pensei em ficar com as duas a preço de saldo mas elas estavam nitidamente a disputar-me e havia chamas quando os olhares das duas se cruzavam. Queria olhar para ambas para as comparar mas já estava quase a ficar estrábico. Tive inveja do camaleão. Pudesse eu esquinar as duas ao mesmo tempo sem estarem lado a lado. A da esquerda tinha ar de majestosa cavaleira, sábia dominadora na arte de me cavalgar no bacamarte. A da direita mandava ares de cabra brocheira, com uns lábios muito mais proeminentes do que lhe seria exigido pelas leis do abocanhamento da corneta. Analisei os índices de fodenguice, o glamour ao enrolar o cabelo, a forma como bebiam café, a forma de cruzar e descruzar as pernas, o sorriso e o Pacheco a sete e não me conseguia decidir. Na dúvida, fiz o que qualquer homem de sensibilidade e bom-senso faria: Escolhi a que tinha as mamas maiores.

51 comentários:

nAnonima disse...

hum...
o meu amor por ti está em risco...

Patife disse...

nAnonima:
Hum... Tens as mamas pequenas!? ;)

nAnonima disse...

tenho um cérebro gigante....
:(

O Apaixonado disse...

Ah, cabras brocheiras... gosto tanto.

Pusinko disse...

É um argumento muito válido quando há empate técnico, como neste caso. :)

Patife disse...

nAnonima:
Também tenho uma coisa gigante. Mas toda a gente sabe que não é o cérebro. ;)

O Apaixonado:
Cabras Brocheiras: "Benditas sois vós entre as mulheres". ;)

Pusinko:
Na dúvida é uma boa métrica para separar as mágoas. Alterando um pouco uma ideia de outro fodilhão: "There are things I need to figure out while I drown in a sea of pointless teets". ;)

Passarinho Verde disse...

Uma gaja com mamas grandes é sempre uma gaja com mamas grandes. Assim, acho que o teu plano de ataque e a tua escolha foram completamente imaculados.

Fica agora a questão... E como foi? Arrependeste-te da escolha?

Patife disse...

Passarinho Verde:
O Pacheco deu vários mergulhos em pleno mamaçal. Parece-me bem disposto e nada arrependido. Gosta muito de descansar encostado a uma almofada mamária depois de pinar, que foi o que aconteceu. ;)

nAnonima disse...

retiro me suavemente deste antro de punheteiros, lambedores e fodilhões. hoje não há condições para mim aqui...

(nPatife, não te aguentaste com duas? ainda para mais a gladiarem-se por ti na cama... fraquinho... e eu é que tenho as mamas pequenas???....)

Dias Cães disse...

Ahahahahhahahah... estava safa... se quisesse, claro!
Lábios carnudos, bom enrolar de cabelo, inesquecível cruzar de pernas, cérebro inestimável e mamas grandes: Oui, c'est moi!
Só é pena não gostar de engatar gajos em explanadas. Acho sempre que são uns mal-amados de autoestima esfarrapada.
Espero num futuro próximo uma descrição de engate num museu, por exemplo.
Tãooooooo mais excitante ;)
Assim... assim acho apenas vulgarote.

Patife disse...

nAnonima:
Com duas a ter orgasmos múltiplos com o Patife ainda desencadiaria uma réplica do terramoto de 1755. ;)

Dias Cães:
Fica prometido (que como toda a gente sabe é metido à pofissional) o relato sobre o meu engate em pleno Louvre: "A Giocona". ;)

só maria disse...

Deus nos livre de escolheres pelo ar mais inteligente, vai que a moça ainda se lembrava de abrir a boca para falar:)

Dias Cães disse...

Giocona? Paris? Romance?
Estás a ficar uma mariquinhas.
Bem mais perto fazes a festa http://museubordalopinheiro.pt
... e que festa!
Mais uns tempos e andas a escrever sobre beijos na boca e sussurros ao ouvidos... Ai Patife, começa a baixar em mim alguma preocupação...

Patife disse...

só maria:
Ahahahah. É coisa da qual tento sempre fugir. Se é para abrir a boca, que não seja para falar. ;)

Dias Cães:
Giocona. Paris. Fodance. Sussurros em Paris é coisa que me viola os tímpanos.

Também começa a baixar em mim qualquer coisa. Mas é só a cabeça da vizinha da frente. ;)

nAnonima disse...

olha que brincadeira vai por aqui... com que então mamas grandes é sinal de fodas monumentais... já conheci homens que pensavam o mesmo... mudaram de ideias ;)

(dias caes, engate no museu? pode ser no do museu do oriente? ;) escurinho... uma delicia...)

Rod disse...

E se tivessem ambas as mamas do mesmo tamanho?

A dúvida, a dúvida.

S* disse...

Mamas maiores? Pronto, fico feliz pelo que deus me deu.

Sexy Couple disse...

Devo confessar que hoje fui surpreendida.
Então o Patife tem sensibilidade e bom senso? Que romântico...

Beijo sexy,
Ana

Anónimo disse...

Ai Patife, que pensei que tinhas levado as duas.

Estou trabahar, volto logo

:) desejo

Dias Cães disse...

nAnónima, o museu do Oriente está entre as minhas preferências. Escuro, cheio de esconderijos, tectos que reflectem quem passa por baixo, seres e espantalhos que parecem nos observar (adoro voyerismo!)... Hmmmmm...
Mas o Patife anda virado para outros imaginários mais românticos... mariquices, lá está.
(E ainda em estilo de vigança por teres dito que eu era queixinhas... Toma, toma!!!! Eu tenho as mamas grandes!!!! AHAHAHAH).

nAnonima disse...

:(
ok. fica lá com as mamas grandes... eu sei que sou uma foda fenomenal, é-me suficiente...
e eu, ao contrario destes meninos punheteiros, não descrimino tamanhos, nem em gajos, nem em gajas... não é por aí...

(Ela) disse...

Na dúvida, foste pela escolha clássica "a la Patife".

E se em Abril, pachachas mil, ainda tens uns dias para tirar o desempenho da outra a limpo! :)

Beijo d'(Ela)

(Ela) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
(Ela) disse...

Na dúvida, foste pela escolha clássica "a la Patife".

E se em Abril, pachachas mil, ainda tens uns dias para tirar o desempenho da outra a limpo! :)

Beijo d'(Ela

Anónimo disse...

ahah adoro o sentido prático do sexo masculino... eu visto tamanho 36 ou B95, tenho hipótese? :p

Inês disse...

E se ambas tivessem tamanhos de mamas iguais, qual era o critério que usavas??

Black Angel disse...

ClarU que depois de sete horas de grandioso chavascal em chona nortenha..só podias decidir TE por mamas..o Pacheco já não devia querer ver mais grutas pela frente..e uma espanholada é sempre uma espanholada ;)

Beijo da Nortenha

Toni dos bifes disse...

decisão sábia.

Uma Rapariga Simples disse...

"Na dúvida, fiz o que qualquer homem de sensibilidade e bom-senso faria: Escolhi a que tinha as mamas maiores."

Oh Patife, isso não será orgulho e preconceito?

Testa do Carneiro disse...

Excelente a escolha da mamalhuda! Estou a ver que por aqui tb se gosta de belas espanholadas.

nAnonima disse...

nPatife, espero bem que esta tua ausencia prolongada se deva a uma pinocada magestosa,daquelas que só aparecem uma vez na vida e nos deixam água na boca sempre que as recordamos.
não costumas ausentar-te desta maneira...

DÁ NOTICIAS, PATIFE!

Petra disse...

E se a das mamas maiores tivesse enchimento? lol

Patife disse...

nAnonima:
Mamas grandes é sinónimo de mamas grandes. Da mesma forma que Pacheco é sinónimo de Património Sexual da Humanidade. ;)

Rod:
Não há tal coisa como mamas iguais. Nem em gémeas, que eu cá já (com)provei. ;)

S*:
Deus é justo. Mas não tão justo como a senisga da moça que acabei de papar. ;

Sexy Couple (Ana):
Para a escolha de mamas qualquer homem tem sensibilidade e bom-senso. ;)

desejo:
Ainda pensei nisso, mas elas estavam a disputar-me e sabes bem como as mulheres podem ser competitivas por causa de um homem de bacamarte gigante. ;)

(Ela):
Ora nem mais. Estou a enfiar os últimos cartuchos. ;)

Anónimo:
Há que ser prático. E há leis que proibem negar um 36. ;)

Inês:
Isso é coisa que não existe. Mas se por acaso existisse seria a que tivesse as ancas mais soltas a andar. ;)

Black Angel:
Vê-se que és profunda conhecedora do poder da chona nortenha. ;)

Toni dos bifes:
O Patife é um sábio da pranchada. Um Merlin da teta. Um mago da pinada. Um expert da greta. ;)

Uma Rapariga Simples:
É mais gosto por um peito a preceito. ;)

Testa do Carneiro:
Palpita-me que deve gostar-se por todo o lado. ;)

Patife disse...

nAnonima:
Vês como sabes? Fiz agora uma pausa. É que isto de ser pinador profissional dá muito trabalho. ;)

Petra:
Comigo acabam todas por ter um grande enchimento. Do Pacheco. ;)

nAnonima disse...

;) fico feliz...

(embora duvide muito)

Patife disse...

nAnonima:
And again: "O exílio do imaginário é uma espécie de longa insónia". A realidade não é para aqui chamada. Já a minha picha vai ser para aqui mamada. ;)

nAnonima disse...

tás bruto!.... gosto ;)

(quero lá saber da realidade, Patife. Quero-a longe de mim)

Dias Cães disse...

... Já nem mereço resposta... Certo... De facto, um 36 não se descarta mas um 38D... que se lixe... já é fruta a mais para a tua sesta.
Hás-de cá vir!!!
:)

Patife disse...

nAnonima:
E eu a pensar que querias uma dentro de ti. ;)

Dias Cães:
Ahahah. De todo. O seu último comentário não me era dirigido e eu não me meto em conversas alheias. ;) Se bem que agora que penso nisso bem que me podia ter metido entre vocês as duas. ;)

nAnonima disse...

eu topo, mas a dias caes... acho que nao...

(a tua...realidade não gosta de mamas pequenas)

Uma Rapariga Simples disse...

Melhor deixar El villano en su ricón e não interromper a sua árdua labuta. ;)

Dias Cães disse...

I rest my case...

Anónimo disse...

No meio deste pachachal histérico e tão salomónicos critérios de afagamento pachecal, pergunto-me quais as leituras a que se pode o Sr. Patife dar ao luxo durante o dia e no meio de uma esplanada. Será que o bacamarte de que tanto alarde faz permite que preciosa energia seja gasta na actividade sexualmente inútil do pensamento? Ou andará o Sr. Patife à caça de intelectuais de rua?

Cumprimentos,

Anónima Ocasional

Patife disse...

nAnonima:
A realidade é outra. E é louca. ;)

Uma Rapariga Simples:
Árdua labuta ou a arte de enfiar este nabo numa gruta. ;)

Dias Cães:
I rest my dick. ;)

Anónima Ocasional:
Se carregar ali no linkezinho "ver perfil completo" percebe. Além disso as intelectuais têm tanto direito a provar o Pacheco como as demais. ;)

nAnonima disse...

quando é que vais caçar intelectuais para a feira, demónio?...

;)

Anónimo disse...

Estou a ver... um verdadeiro apologista da igualdade entre as mulheres de pito aos saltos! Embora, quais porcas orwellianas, as mulheres de mamas grandes sejam mais iguais do que as outras ;)

Vou continuar a passar por aqui,

Anónima Ocasional

nAnonima disse...

o Torga que me perdoe, mas tenho de festejar a Liberdade contigo hoje, querido nPatife...


— Liberdade, que estais no céu...
Rezava o nPafife que sabia,
A pedir-te, humildemente,
A pachacha de cada dia.
Mas a tua maldade omnipotente
Nem o ouvia.

— Liberdade, que estais na terra...
E a sua verga crescia
De tesão.
Mas um sussurro triste abalava
A fé que ressumava
Da oração.

Até que um dia, corajosamente,
Olhou noutro sentindo, e pode, deslumbrado,
Saborear, enfim,
A origem da sua fome.
— Liberdade, que estais em mim,
Fodificado seja o vosso nome.

viva a Liberdade (nem que seja só a de Foder)!

bj

Patife disse...

nAnonima:
Grandioso exercício de catolicismo sexual. Aplaudo de pé e com o Pacheco de pé. ;)

Aberta a época de caça na feira. ;)

Anónima Ocasional:
Depende dos dias. Há dias em que me inclino mais para os rabos arrebitados. ;)

Mamã de Salto Alto disse...

Não te faltou o ar no meio de tanta mama?É melhor não saber a resposta....

Felix disse...

02) Ante cualquier duda... la más tetuda.

04) Habiendo lengua y dedo, no hay viejo al pedo.

05) El hombre promete hasta que mete, y una vez que
mete, acaba lo que promete.

07) Las mujeres de senos pequeños son inteligentes,
pero a mi me gustan las brutas.

08) Sea consciente, use forro. Más vale prevenir que
alimentar.

09) Ninguna mujer es fea si se la mira por donde mea.

10) No importa el tamaño de la pieza... sino el tiempo
que está tiesa.

12) Basta de manipulación, queremos erecciones libres.

18) Morirás como la heladera: con la carne adentro y
los huevos en la puerta.

20) Haga el amor con su esposa... todos sus amigos no
pueden estar equivocados.

Patife disse...

Mamã de Salto Alto:
Ahahahah. A elas é que lhes costuma faltar o ar a meio da mama do Pacheco. ;)

Felix:
Ahahahah. Quantas verdades insofismáveis! Bravo. ;)