quinta-feira, 29 de março de 2012

Voltar à chacha de partida

Hoje deixem-me falar-vos da melhor pandeireta que já tive a oportunidade de despachar à tolada. Há uns meses estava num seminário e vi a bilha mais arrebitada e simétrica do Universo. Nunca mais vi uma que se assemelhasse àquela perfeição nadegal e que conseguisse alçar-me o nabo daquela maneira desenfreada. Quando o rabo passou mesmo à minha frente o tempo reduziu as rotações, permitindo-me analisar ao pormenor todos os vincos, recantos, contornos, formas côncavas e convexas daquela peidola, o que me fez ir a correr à casa de banho bater uma sarapitola. Depois, já menos sôfrego, voltei e sentei-me ao lado dela no anfiteatro do seminário. Nem sequer estava inscrito mas sempre achei que os seminários são dos melhores covis de engate da cidade. Por isso é muito natural encontrarem-me neste tipo de eventos. A palavras tantas, quando uma oradora saiu do palco murmurei para mim mesmo qualquer coisa como: Uma já se foi. Outra há-de se vir. A dona da pandeireta fez um esforço notório para não se rir, mas a toada de parvoíce não parou enquanto os oradores iam mudando e teve o seu epílogo quando dois gajos manifestamente rabichos faziam uma apresentação em duo. O tipo que estava do outro lado da gaja soltou um inconveniente: Estamos entregues à bicharada. Num sussurro apressei-me a comentar: Mais valia estarmos entregues aqui à minha picharada. Ela devia ser saída da racha pois depressa se levantou acenando para a seguir. Fomos directos à casa de banho para eu lhe abafar a bufa, que a coisa não dava para esperar muito mais. O problema é que com o tamanho da minha verga e o tradicionalmente estreito canal do cagueiro eu devo ser um autêntico Murphy das leis do enrabanço. Se alguma coisa pode correr mal, então vai correr mal. Por isso lá tive de voltar à chacha de partida.

19 comentários:

Anónimo disse...

querido nPatife...
" O problema é que com o tamanho da minha verga e o tradicionalmente estreito canal do cagueiro eu devo ser um autêntico Murphy das leis do enrabanço."

andas a tentar rebentar as entranhas às meninas?

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Ocasionalmente acontece. Mas quando me sugam a corneta também correm o risco de lhes romper o esófago por isso... ;)

Anónimo disse...

LOL! Que animal, nPatife? És daqueles que as fazem chorar, de tanto bater na garganta? eheheh...

desejo disse...

Sortudo, em qualquer lugar que vás nenhuma mulher se recusou à tua picharada?



:)

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Não. Mas depois de me baterem uma choram sobre o meu leite derramado. ;)

desejo:
Claro que já. Mas depois meto-a de fora e não conseguem resistir a experimentar tamanho colosso. Sabes como é: a curiosidade papou a rata. ;)

Charmoso disse...

Devias era ter rebentado a gaja toda à picharada!!

Abraço

S* disse...

Leis do enrabanço... podias fazer um post sobre elas.

Patife disse...

Charmoso:
Pois devia. Mas é o meu maior problema: Tenho a picha dura e o coração mole. ;)

S*:
A menina quer, a menina terá. ;)

Anónimo disse...

patife, queria aí uma rubrica de ajuda para os engates. anda la ajudar o pessoal a engatar mais

Anónimo disse...

“As Técnicas de Sedução que levam à Fornicação” por Patife Mangalhão. Que te parece?
Excelentes e grandes pinocadas para o fds. Desejo o mesmo para mim ;)
Beijo, nPatife

Patife disse...

Anónimo:
Não percebo nada de engates. O tamanho do meu nabo e o charme natural fazem todo o trabalho por mim nessa área. ;)

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Será um fim-de-semana de nabo cheio. Já elas ficarão com o papo cheio. ;)

Anónimo disse...

;) então... mas é só chegar e mostrar o Pacheco?... E como é que o mostras? Vais sacando aos poucos ou tira-lo de uma vez só? Quando elas se assustam com o tamanho colossal do Pacheco (99% das vezes, presumo) como as acalmas?...

vá lá, não sejas tímido, nPatife....conta...

Malena disse...

Chiça!!!
Ai, perdão, que no teu caso é mais: Piça!

Sairaf disse...

Se o canal anal era estreito tens sempre o bocal ela se ajoelhar!!
Já tinha saudades de passar por aqui!!
Abraço doce
Sairaf

Erica disse...

"O problema é que com o tamanho da minha verga e o tradicionalmente estreito canal do cagueiro eu devo ser um autêntico Murphy das leis do enrabanço."

caí aqui de para-quedas, ou seja, sou virgem por estes lados. poesia do caralho, sem tirar nem pôr. muito bom.

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Normalmente nem preciso de o tirar para elas se aperceberam que tenho um bacamarte colossal. Basta meia erecção para elas caírem de quatro. A calma é dada pelo orgasmo proporcionado. ;)

Malena:
Piça mesmo! É um piçaralho. ;)

Sairaf:
Todas as saliências e reentrâncias são fontes de prazer. ;)

Erica:
Se é poesia do caralho, normalmente é para pôr, e oh se ponho. De pára-quedas ou cueca asa-delta, o importante é que aterraste. ;)

A Chata disse...

Andas cheio de obstáculos... No Chiado é que era ;)

Patife disse...

A Chata:
No Chiado é que é. Essa sim, será sempre a autêntica chacha de partida. ;)