terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Peeping Tom IV

Ora aqui vai mais uma espreitadela sobre as fantásticas e mirabolantes pesquisas que conduziram ilustres internautas a este vosso Fode Fode Patife:

Ouvi vizinhos a foder: Ui... Será vulva? Será de frente? Atrás não é certamente, que uma peida não chia assim.
Vai para a cama e lembe a cona: Lembe? Ah ganda lembaruças da lengua perteguesa.
Advogadas de belas a foder: Também gosto muito. Têm todas um belo par de fofos.
Blog de engate no chiado: É assim que se ganha má reputação. Agora isto é um blog de engate no chiado? Boa sorte pá. Se achas que é pela retórica que o Patife lá vai estás muito enganado. É mesmo pelo tamanho do nabo.
Como foder sem tesão: Já dizia o ditado. Picha mole em cona dura tanto bate até que fura.
Como se fode uma juíza: Essa é tramada pois as juízas têm os buracos todos em sítios diferentes. Sei como se fode uma enfermeira, uma acrobata de circo, uma ginasta olímpica e até, vê lá tu, uma empregada doméstica. Agora juízas...
Foder até pinar: Tenta antes brochar até chupar. Dizem que é uma loucura.
Jogo de socorrer donzela para ganhar um beijo: Socorrer uma donzela para ganhar um beijo!? Ainda dizem que falta ambição neste país...
O que é na verdade uma cona: Há quem diga que é um pénis subdesenvolvido. Mas eu considero isso um bocado panisgas.
Quiche de cona: Ah claro. Também conhecido como coniche. É arraçado do caniche e muito vulgar na alta sociedade.
Branca de neve e os sete fodilhões: Ah... um clássico dos anos 90 que recomendo vivamente. Da mesma colecção vintage de “A Família Ânus”, “As AristoRatas”, “Porca, Montas?” e “Música no Cu da São”. Tudo grandes clássicos.

22 comentários:

Cate disse...

Opá, quiche de cona tá demais! Ahahah

Patife disse...

Cate:
Gostava de conhecer a mente que concebeu pesquisar tal coisa como algo de razoável e perfeitamente ao alcance de um motor de pesquisa. ;)

A Minha Essência disse...

Risos... o que me ri com a primeira... muito bom!!

Bom Ano! :)

Patife disse...

A Minha Essência:
Com a primeira também me ri. Mas era muito novo. Com a segunda já me vim. ;)

Sex na Cidade disse...

LOLOL mais um post a animar me a manha =)

Maria

Patife disse...

Sex na Cidade:
Temos de nos animar uns aos outros. Por isso é que eu tenho aqui um boneco animado. ;)

S* disse...

Coniche é lindo. Oh Patife, tu que sabes tudo sobre a arte de fazer o amor, como se prepara uma quiche de cona? Aquilo leva ovos, né? Ok, ovos... sei o que são. E natas, leva natas? :P

Denise disse...

Os teus comentários são geniais!! xD

Patife disse...

S*:
Não é bem natas. Tem é de se bater muito bem até fazer claras em castelo. E claro, a farfalheira da moça tem de estar cortada em forma de triângulo, como uma boa fatia de quiche. ;)

Denise:
Também faço uns culendários que são uma maravilha. ;)

desejo disse...

"Ah claro. Também conhecido como coniche. É arraçado do caniche e muito vulgar na alta sociedade."


Esta é a minha eleita.


:) desejo

GUGA disse...

LOL. Acordar e ler isto é começar bem o deia!

hipérbole disse...

"Como foder sem tesão" e "foder até pinar" ainda me vão tirar o sono esta noite. Mas a resposta do Patife a "branca de neve e os sete fodilhões" é que eu gostei muito!

A. disse...

Opah, eu gosto do Foder até pinar! Está demais!! Bem... agora que penso bem... lembro-me que quando era muuuuuuuuuuuito novinha tinha uma dúvida muito pertinente "Será que os homens atingem o orgasmo quando ejaculam?" Ah pois é, melhor ficar caladinha então :p Tempos de inocência!

CC disse...

Hilariante! "Quiche de cona" é sem dúvida de chorar a rir.

Marota disse...

Bom dia estimado Patife, hoje li uma frase num blog que me fez pensar em si.

First you lick my clit, than I'll cut you dick

Patife disse...

desejo:
Tu é que és a minha eleita, pá. ;)

GUGA:
Começar bem o dia é com uma Sugadora de Cornetas a mamar-me no pincel. ;)

hipérbole:
O Patife está sempre a aprender com estas pesquisas. O que é justo já que na cama está sempre a ensinar. ;)

A.:
Ahahahahah. A inocência tem dessas coisas. Já a Inocência que eu papei lá na aldeia da minha mãe também tinha umas belas coisas. ;)

CC:
É um hino à criatividade gastronómica-fodilhona. Um dia ainda rachamos uma quiche. ;) (Viste como consegui enfiar o verbo rachar numa quiche de cona?)

Marota:
Ah. Ter-se lembrado de mim com tal referência é coisa para se me sorrir o coração. Delícia de frase. ;)

Desejo Evidente disse...

Tens imensa graça... a graça aliada à sexualidade que emanas... me likes it.

Petra Pink disse...

Oh patife, isso de quiche de cona é canibalismo pa! acho que andam por aí uns serial kilers no teu blog, cuidadooooo.....
ainda fazem molotof do teu pacheco.

teodoro disse...

Aqui o Teodoro o "Rei do Minete", mamou uma bela pachôcha que dava peidos de cona, fodasse no outro dia tinha a língua cheia de aftas

Patife disse...

Desejo Evidente:
Evidentemente que sim, sim oh sim. ;)

Petra Pink:
Eheheh. Nada a temer. O Pacheco é que as come. ;)

teodoro:
Credo homem. Aftanetes é do pior. ;)

Pequena Lince disse...

Adorei os títulos dos filmes!!!!!

Patife disse...

Pequena Lince:
Te garanto que os filmes são ainda melhores que os títulos. ;)