quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Pista de enterragem


Ela subia alegremente o Chiado, estugando o passo enquanto se abrigava da chuva dentro do seu casaco de capuz vermelho. Toda a gente sabe que uma mulher a passear pelo Chiado armada em capuchinho vermelho é estar a pedi-las. É estar a incitar os instintos naturais do lobo fálico que habita entre as minhas pernas e, no momento a seguir, entre as pernas delas. Assim que a vislumbrei, toda desempoeiradinha a sacudir o capote avermelhado, o seu destino ficou traçado. Nada podia fazer. Se um capuchinho vermelho atravessa a minha floresta é certo e sabido que vou ter de a afiambrar. Não há como enganar nem podem esperar que nada aconteça. É um pouco como meter a Paula Rego a jogar Pictionary e esperar que ela não saiba o que fazer. Por isso, apressei-me a travar conhecimento com a safada do capuz para provar aquele pitéu de pipi. Quando a levei para casa, imaginei que ao ver o tamanho do meu berimbau a moça tivesse a altivez de espírito de perguntar: "Ó Patife, ó Patife, porque é que tens um pénis tão grande?" Ao que eu responderia: "É para te foder melhor, minha querida". Mas com o tesão que eu estava e antes que o Pacheco levantasse voo, tirei o Boeing das calças e fiz-me à pista de enterragem.

20 comentários:

Pusinko disse...

Priceless. Um capuchinho vermelho com bolinha no canto direito só no canal Patife :)
Devias teclar mais amiúde.

Nikita disse...

lol
O Patife não resiste a uma woman in red, e a história do Capuchinho ganha toda uma nova dimensão ;)

A Chata disse...

Dei por mim a fazer esse mesmo jogo do Capuchinho Vermelho há pouco tempo.
Like ;)

nAnonima disse...

de Manuel Bandeira, extravagantemente mal amarfanhado :)

– Quem me busca a esta hora tardia?
– Alguém com ganas de te comer.
– Sigo a história, Patife, e aguardo
Teu hálito... e o Pacheco a gotejar!
– Meu hálito não, meu bafejo,
Despe essa capa, pequena,
e admira meu túrgido dardo,
com que te irás engasgar!

bom ano :)


Snail disse...

Confessa Patifão, a cor do capuz pouca influência teve.... ;)

Rosa Cueca disse...

Olhe que agora as Capuchinhas é que comem o Lobo Mau..
Mas deixe lá, também fazer sempre o trabalho todo, cansa qualquer um.

eusouassim disse...

Se a enterragem foi boa, calculo que tenhas recebido uma salva de palmas, como é habitual.

S* disse...

Pacheco, Pacheco, vai-te a elas! Mas, de vez em quando, deixa-as comandar.

Imprópriaparaconsumo disse...

E que bela aterragem deve ter sido!

Shiver disse...

Mas comes-te a avó dela também?

Anónimo disse...

E o lanche para a avózinha?

Alien David Sousa disse...

Patife, passei a correeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeer apenas para te desejar um excelente 2014!!! Prometo vir com mais tempo para ler.

Saudações alienigenas&kiss

Anónimo disse...


"Ó Patife, ó Patife, porque é que tens um pénis tão grande?" Ao que eu responderia: "É para te foder melhor, minha querida".

ahahahahah!
Delicioso!

:) desejo

DN disse...

tá mal! ao menos tinhas deixado a moça fazer a perguntinha para ser co mo na história :)

Anónimo disse...

Não percebi nada, vamos lá recapitular a coisa. Viste uma capuchinho vermelho e sentiste um ímpeto imediato de penetrar na (sua) floresta, ato impossível de praticar em pleno Chiado.
Já na tua cabana, ficas à espera da pergunta da praxe, que não aconteceu, não havendo pergunta não pode haver resposta.
Cá para mim nem o Pacheco levantou voo e o Boeing ficou a balançar no espaço sem se fazer à pista de enterragem...ah ah ah.
Isso do Chiado já foi chão que deu vulvas.eheh

Anónimo disse...

Ué...perderam todos o pio?

Patife, apaga o comentário ou arriscas perder a freguesia.

retifico: (v)U(l)VAS).

Nuno Amado disse...

Caramba... porque foste falar na Paula Rego??
É o maior anti-tesão que existe!
:(

Alentejano disse...

E não borregaste?Eu nã acredito pois deves ter falhado a aterragem!!!

Alentejano disse...

Já não ccomerntas os teus fracassos?

xarmus disse...

Pista de enterragem... muito bom... hehehehe