sexta-feira, 24 de maio de 2013

Bate-papo: O Retorno


Eu tentei. Não podem dizer que não tentei. Mas as palavras fazem-me formigueiro nos dedos e nas margens ordinárias do cérebro. O tempo, esse, é «um crime premeditado». Por isso será apenas de quando em vez e sem a fantástica interacção masturbatória que decorria nos comentários. O tempo queima tudo em nossa volta. Mas não se iludam. As palavras continuam gastas. Completamente gastas. Mais não digo, pois vocês sabem bem o que a casa gasta. Tal como eu sei o que a chacha gasta: o meu pincel. Sem mais demoras, e antes que fique com um esquentamento na gaita de tanto esfregar o besugo em vez de vos escrever porcalhices, cá vai disto, a anunciar o retorno:


Bate-papo

Isto é capaz de vos chocar, mas vou dizê-lo na mesma: aprecio mulheres tagarelas. A sério que sim. Relaxam-me. Gosto muito de as ver conversar. Umas com as outras, entenda-se. Isto a propósito de duas gajas bi-curiosas que engatei ontem à noite. Não sei se alguma vez vos disse que danço como o Fred Astaire, coisa que aparentemente deixa as mulheres à beira de um ataque de líbido. Engatei duas simultaneamente com os meus passos de dança, mas antes de sairmos do clube nocturno desataram as duas à conversa. Eu deixei-as falar, até porque assim conversam uma com a outra e sossegam-me os cornos. Fazem os preliminares da palratória e quando acharem que já chega de conversa vêm comigo para casa. E, acreditem, muito tagarelaram aquelas duas. Mas depois de as ter levado para casa e de as despir é que começaram no verdadeiro bate-papo.

28 comentários:

POC disse...

Para que saibas, fui o primeiro. Um abraço grande.

POC disse...

Sempre com o Patife, até durante a inactividade (estou a bater com o punho no peito).

Os Verdadeiros disse...

Patife, Tu és um d'Os verdadeiros!

Bom regresso, chefe!

Um abraço!

Os Verdadeiros!

nAnonima disse...

(ler em sussurro e com musica à padrinho de fundo...)

A Carta de Reclamação é longa. Cá voltarei...


(bem-vindo, querido Patife. beijo :)

A Chata disse...

Vou já ajoelhar e rezar um Pai Nosso!

Pipoca Mais Picante disse...

Que maravilha! Ainda bem que voltaste, isto sem o Patife não era a mesma coisa.

R. disse...

Volta o Patife. Nem tudo está perdido.

R.

São Rosas disse...

Ah, bom!...

Blue star disse...

Já fazia falta caro Patife
(Escrevo isto enquanto afasto do rosto uma lágrima de sôdadinha)
=P

AC disse...

Olha o Patife! Está vivo, ainda mexe os olhinhos. Yesssss:)

Tuites disse...

A escrita é como o carvalho, ganha um tronco difícil de serrar ;)

nAnonima disse...

Meu Amo e Senhor, mandarei serrar teu tronco (obrigada Tuites, pelo léxico e toma lá beijinho :) numa outra oportunidade.
Por agora, ofereço-te apenas uma singela prova de amor escrita. roubada e adaptada do outro grande senhor, Bocage.)


«Se tu visses, Patife, a minha chona»

Se tu visses, Patife, a minha chona,
Havias de louvar o meu bom gosto;
Pois seu delicado e entumecido rosto,
Às mais formosas não inveja nada:

Na sua entrada o meu dedo faz morada:
No olho o cupido as setas tem enfiado;
No clitóris faz a minha mão o seu bailado,
Nela enfim tudo encanta, tudo agrada:

Se a blogosfera visse coisa tão bonita
Talvez lhe levantasse algum pagode
A gente, que na foda se exercita!

Beleza mais completa haver não pode:
Pois mesmo quando palpita,
Parece estar dizendo: "Fode, fode!"


da tua serva,

dos Énes ;)

São Rosas disse...

nAnónima, que mimo, a tua chona (mesmo sem a conhecer pessoalmente)!

nAnonima disse...

:))) corou/ei :b

Sexy Couple disse...

Já diz o povo:«onde há vida, há esperança».
Que feliz fico por estares vivo pois assim tenho esperança que não voltes a desaparecer.
Fazes-me falta.

Beijo grande,
Ana

Julia disse...

patife primeiro que tudo....PORQUE NOS DEIXASTE TU????????????

Anónimo disse...

Entendi... e deixas-nos aqui a tagarelar nos Comentários... para quando o bate-papo?
Bjs Ana

c. disse...

ora aí está finalmente uma boa noticia: o patife (também) é retornado :)

Malena disse...

Soou-me a confessionário, esse palratório... Patife, professaste????

Sê bem-retornado! :)

Rosa Cueca disse...

Caraças, que só agora vi o teu regresso.

Seja bem-aparecido *

Anónimo disse...

nunca tinha comentado, mas agora tinha que ser! ainda bem que voltaste patife, saudades de te ler :)

xarmus disse...

ah mê badalhoco... estaba a ber que não...

Clint disse...

Um longo coitus interruptus afinal... volta a esperança... Portugal volta aos mercados!

Carla Pinto Coelho disse...

:O
Voltou! Que emoção... sniff


E por que #$"( é que eu não recebi as actualizações?

Anónimo disse...

Foda se Patife!!! Bem vindo Mestre!!!

Abraço e continuação de gandas fodas!

Anónimo disse...

http://simplessensation.blogspot.pt/

NOVIDADES!! VISITEM

Petra disse...

que bom ter-te de volta querido Patifão!!! Só agora percebi que voltaste...!

Anónimo disse...

25 de agosto e eu não imaginava que o meu querido Patife regressara.
Não te vou perder.

Um beijo tagarela.

:) desejo