segunda-feira, 2 de abril de 2012

Pinar para outra freguesia

Os meus objectivos passavam por ter um fim-de-semana descansado. Mas acabei por ter um fim-de-semana descascado. A pila dá muitas voltas mas acaba sempre por voltar ao mesmo: Enfiada numa gaja possessa da pachacha qualquer que grita e geme muito mais do que lhe seria exigido. Mas este fim-de-semana pensei que ia ser um sossego. Fui ajudar uma tia-avó a levar uma série de materiais e donativos a um convento de freiras. Assim que entro vejo uma freira com uma cara que fazia adivinhar um regabofe de pinocada. Uma loba vestida de cordeiro. Uma devassa vestida de santa. Eu nestas coisas não me engano e vi logo que debaixo daquele ar angelical estava uma fodilhona de primeira água e não resisti a tentá-la. Na verdade sinto que estou a fazer um favor a Deus ao testar as convicções das suas discípulas. Há uma constante neste duelo Patife-Deus: Nunca perdi. Mas como esta devota era freira achei por bem não pôr o carro à frente dos bois, apesar de normalmente meter o nabo à frente das vacas. Rapidamente consegui ficar a sós com ela e, obviamente, não resistiu aos meus avanços. Mas como era freira e tinha os seus princípios só aceitava foder na posição de missionário. Por isso fui pinar para outra freguesia.

32 comentários:

Kim III disse...

Grande desafio esse... uma freira muito exigente :p

Anónimo disse...

foste, foste, pinar para outra freguesia... encavaste a freira, foi o que foi...

que foda santa, nPatife ;)

Anónimo disse...

foste, foste, pinar para outra freguesia... encavaste a freira, foi o que foi...

que foda santa, nPatife ;)

Anónimo disse...

ups... gosto tanto de ti que dupliquei a mensagem! Lol... sorry...

nAnónima

Patife disse...

Kim III:
As tementes a Deus só fazem em missionário. É para ficar tudo em casa. ;)

Anónimo dos énes:
De todo. Não me descobriste a careca, nem eu lhe descobri a parreca. ;)

Sairaf disse...

Meter fé e o Pacheco é entregar-se ao pecado!!

desejo disse...

ò Patife, deixaste a freirinha gulosa!
Consolava-a à missionário e seguias à mesma para outra freguesia.

:)

Patife disse...

Sairaf:
Ela queria meter com fé, mas de missionário não mo mete de pé. ;)

desejo:
Não pode ser de missionário pois eu a pinar sou muito pouco católico. ;)

Anónimo disse...

...então mas tu não comeste a freira por causa da posição?.... hummm... esta história ou está mal contada ou está mal pinada, nPatife ;)

então e a coitada nem se ajoelhou para rezar ao nPachequinho?...

Bernardo disse...

original a tua escrita :D

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Tenho alergia psicossomática à posição de missionário. Mas obviamente que lhe meti a minha hóstia na goela. ;)

Bernardo:
Original é a minha forma de pinar. ;)

desejo disse...

Calaste-me, Patife, mas fizeste-me rir.


:)

Black Angel disse...

Perdoai LHE senhor..:) :)

Ela não sabe o que perdeu..bem que se podia ter ajoelhado neh..e dava umas beijokas no Senhor..Pacheco ;)

Anónimo disse...

patife, à uns tempos pensei em perguntar-se se eras um jurista... mas depressa percebi que eras um fodista! ;)

Malena disse...

Olha que essa posição não é de todo desprezível!! E uma freira... é foda abençoada! :D

A Chata disse...

És esquisito tu! Missionário não te serve, Tifinho?

Dias Cães disse...

Tu tens cá uma imaginação... Se tiveres metade da acção que tens de garganta... já dava para foder meio Vaticano. Mas tenho para mim que a imaginação é mesmo a única coisa que te resta para fazer companhia a essas mãozinhas. Acho que não fodes é nada patife. Nem freiras!
(Então, já te sentes provocado? ;) )

Patife disse...

desejo:
Com as palavras faço rir, com o Pacheco faço vir. É um equilíbrio necessário. Mas não te cales minha querida desejo, que eu cá sou adepto de algazarra vocal na cama. ;)

Black Angel:
Apenas disse que não a pinei. Obviamente que lhe meti a hóstia na goela. Se há coisa que as católicas têm de bom é uma propensão natural para se meterem de joelhos. ;)

Anónimo:
Eu, Patife, fodista me confesso. ;)

Malena:
Agora com essa fizeste-me pensar... Ainda assim a minha lentrisca foi abenchupada. ;)

A Chata:
Estimada Chata, tal posição limita-me a segunda vantagem competitiva no pinanço, a seguir ao tamanho do Pacheco: O uso criativo-debochado-impróprio do "kit mãos-livres". ;)

Dias Cães:
Ahahahahah. O Patife tem uma garganta maior que qualquer garganta que já me tenha passado pelo Pacheco. Mas o Patife não mente e tal como indicado no perfil aqui ao lado: "O Patife é parvo e tem a mania de falar mais do que fode. O que é um sarilho porque fode muito". ;)

Petra disse...

Olha lá.... tu tiveste foi preguiça de rasgar aquelas tendas todas que elas vestem isso sim oh patife, só pensas no pinanço.... hahh

Patife disse...

Petra:
Com o Super-Pacheco rasgar umas batinas não se afigura como uma tarefa árdua. Mas que só penso no pinanço, lá isso é uma grande verdade, quase tão grande como o bacamarte que ostento entre as pernas. ;)

Black Angel disse...

Ahhhh..tá melhor assim..ficar a seco não tá com nada..

Beijos..de 4 :)

Patife disse...

Black Angel:
Best kisses ever! ;)

Black Angel disse...

Like to please..you ;)

Anónimo disse...

nPatife... sortuda da freira... provou te a hóstia ;)

(off-topic: a quem vais dar as amendoas este domingo?)

desejo disse...

ahahahahah!


:)

Patife disse...

Black Angel:
Para um hedonista puro, como o Patife, essas palavras são um deleite do caraças. Até o Pacheco aplaude. ;)

Anónimo dos énes:
Há quem trinque as amêndoas e há quem as chupe lentamente até ao esgotamento final. Penso que é fácil de perceber a que tipo de boca as minhas amêndoas irão parar este domingo. De resto, desde que esteja vestida de coelha e que aguente um estrafego de piçada valente... ;)

desejo:
Agora estou a imaginar-te a rir e a vir ao mesmo tempo. Quando acordo cedo tenho sempre destes delírios. ;)

Anónimo disse...

nPatife.... cuidado.... as coelhinhas costumam ter dentinhos afiados... não queremos esses ovinhos rotos, pois não? (até que já se comiam ;)

estou ansiosa para ler a tua "crónica da páscoa"... sabes que é pecado comer carne...ve la onde te "metes"...

xarmus disse...

ó patife... nem acredito que não tenhas papado a freira por causa da posição. Sendo ela freira, é lógico que gosta da posição de missionário. E podias sempre enfiar-lhe uma vela no cu enquanto lhe papavas a santinha.

Mas ok... se ajoelhou e teve que rezar, já não perdeste tudo. Espero que tenha sido uma santa mamada.

Eu, quando quero comer uma freira, tenho uma maneira que nunca falha... digo-lhes ao ouvido:
- Deixa-me ir à cona por amor de deus.

Patife disse...

Anónimo dos énes:
Na sexta-feira santa como sempre marinheiras. ;)

xarmus:
Como ela tinha a goela estreita e o Pacheco é um portentoso bacamarte foi mais um santo sacrifício. ;)

xarmus disse...

Como parece que os blogs voltaram a ter a funcionalidade de enviar notificação de novas mensagens... vim aqui deixar um comentário para ser avisado de novas mensagens, e claro... ver a tua resposta ao meu comentário.

Estavam as freiras no pátio do convento a andar de bicicleta numa gritaria desgraçada, quando chegou a madre superior à janela e gritou... - Ou fazem menos barulho, ou mando pôr os selins nas bicicletas... heheheheh

Mars disse...

"Do best" :)

Patife disse...

xarmus:
Penso que essa funcionalidade já está activada, meu caro xarmus. Vê lá se não está.

Gosto tanto de freirinhas, pá. ;)

Mars:
"Do best" é aqui a performance do Pacheco! ;)