segunda-feira, 12 de março de 2012

"Lembidelas" não, foda-se

Não há uma forma educada de dizer isto. Da mesma forma que não há uma forma educada de foder. Quer dizer, haver até há mas molesta-me os limites da sensatez, por isso vamos fazer de cona que não há. Não vou estar para aqui com paninhos quentes. Por isso peço desculpa pelo que se vai passar a seguir. A sério que sim. Mas foda-se caralho pá minha porcalhota aventesma com cérebro de lesma galdéria da pachacha fodilhona da chona rameira da racha. A próxima vez, caralho foda-se, que tu, minha destrambelhada da treta possessa da greta, ousares dizer que me queres “lember” a ponta da pichota, conaça pá, estando de joelhos de volta da tola, ou deres outra qualquer “lembada” na gramática que dê origem a uma derrapagem linguística capaz de fazer esmorecer aqui o mais teso dos bacamartes, te garanto, ó minha grandessíssima fodilhona pantufeira de bocarra brocheira, que te dou uma descasca na bardanasca que garantidamente te deixará à rasca da racha, seguida de um nó na língua a ver se começas a dominar a linguística como uma cabra brocheira que se preze, caralho foda-se. Era só isto. Uma vez mais o Patife diz muito bom dia, ou muito bom serão, e vai ali abaixo aviar um avião.

Da colecção "... não, foda-se":
Meiguices não, foda-se
Queridices não, foda-se
Peluchices não, foda-se

32 comentários:

S* disse...

Lember? Oh homem... que grande corta tesão...

Patife disse...

S*:
Até o Pacheco se recolheu para uns miseráveis e ordinários 20 centímetros. Negativos. ;)

Ana disse...

Isso é, literalmente, um dirty talk, e não no bom sentido.

Patife disse...

Ana:
Chama-se exorcismo do mal linguístico-ordinário que habita nesta pobre alma. ;)

Rod disse...

Pensava eu que vossa excelência iria começar a semana com um artigo intitulado 'Foda Lisboa'. Como me equivoquei. Estou de rastos.

P.S. - Com tanta menina à volta do Pacheco, e tanta analfabeta também, algum dia teria de ser.

Patife disse...

Rod:
Ahahahah. Teria toda a validade e pertinência. Mas precisei de exorcizar o mal que uma "lembidela" fez à minha alma. ;)

mimi disse...

hahahahahaha gostei, cá lamber qual que!

Anónimo disse...

"Mas foda-se caralho pá minha porcalhota aventesma com cérebro de lesma galdéria da pachacha fodilhona da chona rameira da racha."

ahahahahahahaha!
Pelo que vejo, qualquer rameira vai ter a ti, mesmo que não domine a linguística.

:) desejo

Anónimo disse...

npatife.... neste dou-te 100%! Fizeste me rir que nem uma perdida... tanto palavrão junto até excita...

"Mas foda-se caralho pá minha porcalhota aventesma com cérebro de lesma galdéria da pachacha fodilhona da chona rameira da racha. A próxima vez, caralho foda-se, que tu, minha destrambelhada da treta possessa da greta, ousares dizer que me queres “lember” a ponta da pichota, conaça pá, estando de joelhos de volta da tola,(...)"

Bom, muito bom ;-)

Patife disse...

mimi:
São autênticas "lembadas" na língua portuguesa. ;)

desejo:
A minha linguística é magnética. O pior é que atrai de tudo um pouco. Até "lembidelas". ;)

Anónimo:
Normalmente costumo fazê-las vir que nem umas perdidas, mas pronto, também me contento com isso. ;)

Sexy Couple disse...

O que faz falta é animar a malta, já dizia o outro.
E o Pacheco continua esta missão...
Agradeço muito que o exorcismo do Pacheco nos faça rir desta forma.
Foi tal a compilação de vernáculo que, escrevê-lo e entendê-lo não é para qualquer um, não senhor, é só só para quem pode...
Um beijinho,
Ana

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Não vou comentar esse ex libris de linguística que acabaste de debitar aqui, pois parece-me que a rapariga deve ter ficado definida com tanta adjectivação substantiva, não sendo necessário mais qualquer reparo meu.

E assim sendo-me, fico-me pela última frase. Avião, não. Helicóptero. Gira e Boa.

Beijo de lAmbisgóia,

Mars disse...

Adorei o post! És sem dúvida um homem inteligentíssimo, impressionante a tua capacidede de escrita :)
manténs o nível no teu discurso, falas de toda a porcalhice sem seres porco. Nível, muito nível... :) Parabéns por isso..
Bj

Patife disse...

Sexy Couple (Ana):
O Patife faz rir, o Pacheco faz vir. é uma espécie de negócio tácito. ;)
Da mesma forma que o Patife é para quem pode, enquanto o Pacheco é para quem fode. ;)

Stargazer:
Assim se vê o seu ínclito nível. Pois que não será necessário enxovalhar mais a "lembaruças". Ahahah. Mas era mesmo um avião. Pelo menos da forma que ela levantou voo directo ao meu pincel. ;)

Mars:
Gostava muito de te dar razão, mas desengana-te. Sou um porcalhão burro e grunho, com a inteligência de um gnu, próprio de quem gosta muito de ir ao cu. ;)

Joao disse...

O Pacheco andou a enfardar na filha do Jorge Jesus?
Se ela dissesse algo que se assemelhasse com "Lembidelas" enquanto tinha o Pacheco na boca, ainda se podia perceber pois o movimento de língua fica mais apertado dada a falta de espaço de sobra, mas ainda antes de o abocalhar já revela falta de sentido linguístico, com um pontapé na gramática, nada como lhe foder o juizo com o Pacheco a bater na testa.

Anónimo disse...

Npachequinho…
O patife do npatife anda a brincar contigo…

Primeiro enfia-te no traseiro de uma berrona perdida...
Agora na boca torta dessa rameira da língua portuguesa...
Mais dia, menos dia, apanhas uma doença fodida...
Arrancam-te à tomateira do patife e metem-te na marquesa!!!

Cuidado ;-)

desejo disse...

" Sou um porcalhão burro e grunho, com a inteligência de um gnu, próprio de quem gosta muito de ir ao cu. ;) ",
ahahahahah, bom comentário.

:)

pilar disse...

Uma boa brochada provinciana ou apenas uma "lembidela" de mau dom?

Ana disse...

Eu referi-me (lá em cima), obviamente, ao "lember":D

Just Me disse...

Digna de umas belas "lembadas"...

;)

Bjs Just

Um gajo sem rumo... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Um gajo sem rumo... disse...

É pá, já há muito tempo que não me ria assim com tanto palavrão seguido... hehehe
Às vezes podem sair umas dessas, fracas na linguística. Nessas alturas, é cagar nos preliminares e dar lugar à destreza e agilidade para lhes encher a boca o mais rapidamente possível!!

Saudações!!

Patife disse...

João:
As linguísticas andam de braço dado. Hei-de sempre acreditar nisto. Quem não domina uma, dificilmente dominará a outra. ;)

Anónimo:
É um pouco ao contrário. O Pacheco é que me mete em situações potencialmente perigosas. Ele manda mais que eu. ;)

desejo:
É um dos slogans do Patife. ;)

pilar:
Depois de ouvir "lembidela" recusei-me a ser "lembido". Há limites. Fui-lhe apenas à bilha. ;)

Ana:
Ahhh... bolas. O Patife devia estar a pensar em algum pinanço e não interpretou assim. "Lember" é efectivamente um dirty talk no mau sentido. É o que digo sempre: Se é para falar mal, ao menos que se faça com estilo. ;)

Just me:
Aviei-lhe umas quantas nas *nalgas, sim. ;)

Um gajo sem rumo:
Há mais três da rubrica "...não, foda-se". O Patife hoje acordou bem disposto e já as vai linkar, que desta vez se esqueceu. Mas compreende-se... Estava a escrever o post e a controlar o Chiado para ver quem ia aviar a seguir. ;)

xarmus disse...

Foda-se patife... cum caralho... cona da minha tia... agora é que esfodaçaste esta merda toda. Tanta brochada d'uma pranchada só.

Mars disse...

Tenho razão sim senhor... :)

Patife disse...

xarmus:
Estou habituado a fazer tudo em grande. ;)

Mars:
Se insistires nessa teoria, ou a contares a alguém, poderás ter de ser severamente castigada. ;)

Mars disse...

Dependendo do castigo, insisto... :p

Patife disse...

Mars:
"Challenge accepted"! ;)

Mars disse...

Então e agora? lol

Patife disse...

Mars:
Agora é melhor começares a rezar, pois mais tarde ou mais cedo vou-te apanhar. ;)

Mars disse...

Prometido é devido ;)

Patife disse...

Mars:
O Patife é um homem de palavra. Já o Pacheco é mais de acção. ;)