quinta-feira, 15 de março de 2012

Do meu ponto de picha

Confesso que não sou grande fã de mulheres atléticas. Para tonificado já basta o Pacheco. Curvas com a dose certa de flacidez e uma barriguinha ligeiramente proeminente fazem as delícias dos meus sentidos. Além de que a apoteose da essência feminina não anda de mãos dadas com músculos vigorosos e qualidades técnicas superiores em desportos colectivos. Nada de mais turn off que uma mulher que sabe jogar à bola, por exemplo. Foi por isso com alguma dose de enfado quando soube que aquela ganda mamalhuda que me apresentaram na festa era jogadora da bola. Estávamos a conversar amenamente quando, sem pré-aviso, disse de peito cheio, para quem a quisesse ouvir, que era jogadora de futebol. Estremeci mas consegui conter-me. O pior foi quando ela disse que era atacante. Aí não consegui conter-me. É pena… se fosses defesa central, eu estaria sempre à mama. Ela riu-se num ronco meio grunho, pouco sedutor. Bebi de um trago o conhaque que tinha na mão e apressei-me a meter outro na mão. A conversa continuou, não que eu estivesse a prestar grande atenção, até porque estava completamente concentrado naquele par de chuchas a imaginar o Pacheco a mergulhar naquele vasto mamaçal. Mas o facto de ser jogadora de futebol estava a travar-me o ímpeto da fodilhenguice. Do meu ponto de vista talvez fosse mais sensato estar quieto. Mas da minha ponta de picha já não havia volta a dar. Havia apenas foda a dar.

28 comentários:

Anónimo disse...

porra, npatife... que preconceito do caralho!!!

Uma Rapariga Simples disse...

LOL

Quando é que trocamos números de telefone? Ou nomes do Skype, sempre é mais moderno. :D

S* disse...

Oh homem... tu agora só falas em mulheres pouco atraentes... isso anda nas ruas da amargura.

Patife disse...

Anónimo:
Preconceitos do caralho para um caralho a preceito. ;)

Uma Rapariga Simples:
Não te desejaria assim tanto mal. "Sou o pior pesadelo dos teus pais". ;)

S*:
Mas ela era boa que até doía. Jogava era futebol e cuspia no chão. Mas mesmo nas ruas da amargura nada posso fazer quando ando com ela dura. ;)

Uma Rapariga Simples disse...

E quem disse que eu tenho pais?

Va bene, lascia perdere. Scherzavo. ;)

Anónimo disse...

é já agora, npatife, não te agrada que elas gostem de brincar com bolas, porquê? ;-)

Vadeer disse...

" É pena… se fosses defesa central, eu estaria sempre à mama"

Patife és o mestre da tatica ! Quais muorinhos quais quê

Rusty disse...

lol.. realmente ficar a mama tem o seu ke de gostoso, agora como a menina era atacante... imagina ke ela atacava as bolas com a mesma fossa e convicção com que remata a baliza?!?! que grande complicação.. hehe.. mas e o final do jogo, marcou golo por entre os postes ou ficou na marca da penalidade?!
abraço

Patife disse...

Uma Rapariga Simples:
Scherzavo estava eu a fazer, rapariga catita. E a proteger-te, pois sou muito paternalista. ;)

Anónimo:
Agrada-me sobremaneira que elas brinquem com as minhas bolas. Com outras bolas acho muito pouco sedutor. ;)

Vadeer:
Sou mais o mestre da rata. ;)

Rusty:
Ela até pode ser atacante mas eu é que tenho aqui uma autêntica ponta de lança. E foi uma culeada. ;)

Anónimo disse...

ok... npatife... bolas não! e tacos?...
;-)

desejo disse...

de tanto me rir, nem sei o que comentar.
Gosto de ti Patife, sério.

:)

Sexy Couple disse...

Como eu gosto disto. Já disse antes, mas repito, estou sempre à espera da segunda e quinta feira para ler novos textos.
Eu garanto que a minha vida não é um tédio, mas divirto-me imenso com as aventuras do Patife.
E concordo... viva a mulher normal!

Um beijo sexy,
Ana

Anónimo disse...

é pá.... Ana, eu já vi que a Ana é deliciosa ;-) mas eu tb sou... e (tb) sou "normal"... e sou atletica ;-)

VIVA A MULHER! ;-)

Uma Rapariga Simples disse...

Louvo-te a generosidade. :)

Agora vou ali ver se engano outro gajo com um blog. lol

Patife disse...

Anónimo:
Taco a taco enche a gaja o papo. ;)

desejo:
Com essa o Pacheco ficou com ciúmes. ;)

Sexy Couple (Ana):
Patife, um galhofeiro para a servir. ;)

Anónimo 2:
Não podia estar mais de acordo: Viva a mulher! Penso que será por afirmações destas que me chamam de mulherengo com toda a propriedade. ;)

Uma Rapariga Simples:
Ahahahah. Bolas. Logo agora que eu já tinha ligado o skype. ;)

Anónimo disse...

ehehehehehehehheh

gosto tanto quando cá vens, npatife!

(ana, não fique zangada comigo. adoro os eu blogue ;-)

Joao disse...

Oh Patife,
Vendo bem as coisas, sendo ponta-de-lança não é mau de todo. Uma mulher que domine as bolas, que faça paragens de peito e ter instinto de matadora não é de todo de recusar. Além do mais, está habituada a jogar de cabeça o que parece ser um factor importante para abocanhar o Pacheco. Cada golo que ela festejar, vai levantar a camisola e mostrar porque te cativou.
No final da noite, e como grande mestre que és, se não estiveres satisfeito com o rendimento dela opta pela substituição.

Um abraço!

Black Angel disse...

Se podia viver sem visitar este cantinho?!..Podia..mas não era a mesma coisa ;)

Beijos..nas curvas..sem flacidez :P

Margarida disse...

Que ordinarão, Patifão!!!

Ju disse...

As segundas e as quintas ouve-se aqui na casa do gajedo qualquer coisa como: "uuuhuuuu hoje é dia de fode fode patife" :D eheh!
Mas olha la... ta bem que uma gaja que joga a bola da que pensar e tal, que provavelmente é uma bruta montes... fogo, mas de certeza que o que ela sabe fazer de melhor é brincar com as bolas!

Obrigada pelos momentos de risadas!
You are the fucking best!

Uma Rapariga Simples disse...

Como se diz na minha terra: "tarde piaste, pintarroxo"! LOL

:)

Patife disse...

Anónimo:
Eu estou-me sempre a vir. ;)

João:
Mesmo quando a exibição é boa, acabam sempre substituídas. É a lei do mercado. ;)

Black Angel:
Se eu podia ter uma relação fixa? Podia. Mas era sempre a mesma cona. ;)

Margarida:
Olha que grande novidade, hein? ;)

Ju:
Isso era se fosse guarda-redes ou jogadora de andebol. Mas a melhor que aviei era jogadora de bilhar. estava sempre a vir dar uma volta aqui ao bilhar grande. ;)

Uma Rapariga Simples:
O skype já não está ligado, mas o Pacheco fica eternamente ligado. ;)

Um gajo sem rumo... disse...

Patife, partilho da tua opinião... Gajas e bolas (de futebol) não é uma imagem sedutora. Agora se fosse uma daquelas que sabe manejar uma boa raquete e bater nas bolas... isso é que era serviço!!!
Abraço!!!

Petra disse...

és tão porcalhão patifeiro... Foda-se que já não vivia sem ler as tuas baboseiras pachecais-

Dias Cães disse...

Não querendo puxar a brasa à minha sardinha, achei que eras capaz de apreciar isto http://www.diascaes.blogspot.pt/2012/01/mulher-de-m-grande.html

Patife disse...

Um gajo sem rumo:
Essas são um autêntico ás da pinada. ;)

Petra:
Tu sabes bem que sempre que me tratas por porcalhão fico com o Pacheco em brasa. ;)

Dias Cães:
Eu normalmente é que puxo as brasas para a minha sardinha. Mas olha que essa foi muito bem puxada. Aplaudo e recomendo a leitura. ;)

Malena disse...

Não domino a bola (no singular, note-se) nem sou atlética! Que sorte a minha!! ;)

Patife disse...

Malena:
Só pontos a favor. E uma ponta a favor também. A do Pacheco. ;)