segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Andar com o prego na boca

Não sou grande apreciador de mandar quecas em hotéis. É que sou um fervoroso adepto do espalhafato e já tive a minha quota parte de quecas, que tinham tudo para se tornarem épicas, a serem interrompidas por um telefonema da recepção ou pelo bater na porta do gerente. Uma vez, dada a guinchadeira, até acharam que estava a haver uma matança do porco. Mas era só um espetanço na porca. Conto isto porque este fim-de-semana tive de voltar a pinar num hotel. Ora assim que lhe enfio meia cabeçorra nabal na bardanasca, a gaja gemeu como se a estivessem a perfurar com um tronco de mogno. O que não está muito longe da verdade. Preocupado com a interrupção do ritmo de bombada, que faria corar de vergonha qualquer motor hidráulico de alto rendimento, espetei-lhe a almofada na fronha para abafar a sucessão esganiçada de gemidos histéricos. Bem sei que tenho um brenhol de proporções epopeicas mas nada justificava aquela algazarra. Por vezes penso que a expressão “Meter o Rossio na Rua da Betesga” foi criada por causa do meu pincel, dada a dificuldade que tenho em metê-lo em muitas senisgas. É por isso que tenho sempre uma calçadeira na mesa de cabeceira. Acreditem que já a usei algumas vezes, com grande sucesso diga-se, para ajudar a meter a cabeça do trambolho. Mas continuando, antes que me disperse. Quando no final lhe tirei a almofada da fronha, e simultaneamente lhe tirei o nabo da chona, entre duas golfadas de ar e com a cara visivelmente roxa, ela soltou um audível e aliviado Credo!. Nem tempo teve para ganhar fôlego, pois acho que quem anda com o credo na boca está a lançar-me o desafio para lhe meter o prego na boca. Challenge accepted, baby. Challenge accepted.

32 comentários:

LM disse...

Caro amigo do tronco de mogno:
Adoro as tuas figuras de estilo.
Vou sonhar com a "cabeçorra nabal na bardanasca" para me animar a semana.;)

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

O facto do ano ser bissexto parece-me que te anda a trazer uma profusão inigualável de Hipérboles, mas cada um aprende o marketing necessário à sua "self-promotion".

E com essa tirada final parece-me apropriado algo como: “Lisbon, we have a problem”!

Are you ready for countdown Astronaut???

Da próxima espero uma crónica rica em onomatopeias…

Beijo em figura de (muito) Estilo!

S* disse...

Coitada da senhora... estava-lhe a faltar o ar. E, pelo que dás a entender, abafaste-a por tudo o que era lado. ahahah

Kim III disse...

Sempre com essa vida sexual muito animada, e uns nomes carinhosos fantásticos para o teu "amigo" e as suas "amigas" :p

ZéBonéOaparvalhado disse...

para ajudar a meter a cabeça do trambolho -

Vê lá - se quando levares a mão aos colhões,em vez de sentires 2 sentires 4...ó patife, põe-te a pau.

Patife disse...

LM:
Também adoro figuras de estilo. Mas prefiro fissuras de estilo. ;)

Stargazer:
Se é onomatopeias que a menina quer, é onomatopeias que o Patife dará. Sou muito bem mandado e, não raras vezes, muito bem malhado. ;)

S*:
Foi em seu benefício, que o prazer aumenta com alguma falta de ar. ;)

Kim III:
Fodo o que posso com o bajolo que tenho. ;)

ZéBonéOaparvalhado:
Elas é que se costumam meter a pau. No meu, entenda-se. ;)

Daniel disse...

Muita bem escrito. Isto é o ordinário escrito em modo extraordinário.

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Acho óptimo. Dava tudo para te ouvir a gemer nas águas furtadas do Chiado!


Any language, but preferably in body language!!!

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh! ;)

Stargazer disse...

P.S. Mas se não for Onomatopeia, pode ser Aliteração. Também serve, desde que não utilize o célebre e tão pobre: "dassssssssssss", o que eu quero sabes tu!!!

:)

Patife disse...

Daniel:
Vá-se lá saber porquê mas sempre tive uma queda para ordinárias. Falo de palavras, leia-se. ;)

Stargazer:
A minha linguagem corporal, lá está, é mais dada a hipérboles. Mas sessão de sucessivo sexo dá acesso ao sucesso. ;)

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

A Star, criatura de grande sensibilidade mas de nenhuma sensatez, sorri sorrateiramente ao sentir esses serpenteios sui generis pela semântica!!!

:)

Beijo sublime

Patife disse...

"A linguagem é uma pele. É como se tivesse palavras nos dedos ou dedos na extremidade das palavras." ;)

(Ela) disse...

Barney Stinson and Patife rules!! :)

Beijo d'(Ela)

Bernardo disse...

Gostei do titulo :D

Kronos disse...

Do melhor que já postaste Patifório!!

5Estrelas!!

K

desejo disse...

Oh, God!(forgive me God)
What a dick!
What a man!
What a imagination!


fuck!

Patife disse...

(Ela):
Somos bastardos do mesmo saco. ;)

Bernardo:
Ela também gostou. ;)

Kronos:
Deves estar maluco dos Kronos. Gracias. ;)

desejo:
É exactamente como pino: com imaginação. ;)

Stargazer disse...

Roland Barthes e a retórica do amor...

Touché Mauvais Mac .)

Malena disse...

Patife, tu matas-me de riso, rapaz!!!

Calçadeira? Ai cum caraças! :P

Anónimo disse...

patife,

este texto é verdadeiramente digno de interpretação simbólica ;)

Cat disse...

It was legen... wait for it ... FUCKING DARY!

Patife disse...

Stargazer:
O Patife aprendeu com os melhores linguistas. Por isso é que tem uma língua mágica na cama. ;)

Malena:
Com um bajolo destes há dias que só mesmo com calçadeira. ;)

Anónimo:
Sou mais virado para a penetração simbólica. ;)

Cat:
Eheheh. As pinadas do Patife é que são verdadeiramente lendárias. ;)

Anónimo disse...

O Patife, não aprendeu nada com o catredático da foda.

Pipi

Just Me disse...

Patife,

Tenho um desafio para ti...

;)

Mas, prefiro contar-te em privado...

Manda-me um mail, mandas???

Bjs Just

PS - Prometo que não irá haver "lembadas"... ;)

EricDraven disse...

Challenge accepted *.* Barney Stinson :$

Myriam disse...

E assim fizeste da expressão “Meter o Rossio na Rua da Betesga”, algo demasiado excitante para o meu subconsciente...

És muito bom.

Patife disse...

Pipi:
O Patife já nasceu ensinado. Mas o pipi é sempre uma boa referência. Aliás, há pipis dos quais posso dar muito boas referências. ;)

Just Me:
O Patife nunca vira a cara a um desafio. ;)

EricDraven:
Precisamente. Haverá referência mais óbvia!? ;)

Myriam:
Ontem ao pinar até soltei um "estou a meter o rossio na rua da senisga". Divirto-me muito com estas coisas. Chama-se parvoíce crónica. Mas é saudável. ;)

Just Me disse...

Vou considerar então que o desafio está aceite...

;)

Mesmo sem saberes no que te vais meter...

Passa no meu blog hoje mais logo...

Bjs Just

Patife disse...

Just Me:
Sei sempre em quem me vou meter. ;)

L.O.L. disse...

A calçadeira foi brutal! Mijei-me a rir! :D

Patife disse...

L.O.L.
Olha que engraçado. Ainda agora uma se mijou a vir. ;)

Petra disse...

Oh patife és mesmo um ordinário...