segunda-feira, 21 de março de 2011

A matacona

Eu sei que vocês, meus grandessíssimos ordinarões, pensam que o Patife é um messias da devassidão, um profeta da perversão, um pioneiro da depravação que só pensa em aviar e catrapiscar bardajonas umas atrás das outras. Mas o que me motiva é uma causa nobre e altruísta, umbilicalmente ligada ao sentimento mais puro. O Patife apenas quer encontrar a alma gémea. Não para si, isso seria profundamente fútil e grosseiro, mas aqui para o Pacheco - o que, na verdade, também acaba por ser grosseiro. Há uns anos, estando Ele meio deprimido, fiz-lhe uma promessa e desde esse dia que me concentro na busca da sua semelhante no feminino, da sua alma gémea. Disse-lhe: Pacheco, pá, eu sei que tu és um singular matacão e não vou descansar enquanto não te encontrar uma matacona. Estão a ver o género: Uma conaça ginasticada, com um clítoris merecedor de ser considerado obra de arte, de vaginais lábios sábios na sucção, uma mestra na arte de aviar o salpicão, completamente encharcada durante todas as 24 horas do dia e sempre pronta a pinar durante horas a fio. E ontem finalmente encontrei-a. Estava anexada a uma gaja que não tinha o dom da palavra, mas que visivelmente tinha o dom da pachacha. Haviam de ver aquele berbigão a espreitar pelos dois lados da cueca. Aquilo mais parecia uma praça de touros. Assim que a vislumbrou, o Pacheco ganhou uma força taurina pronto a investir à cornada na arena pachachal da mafarrica. Até na tacada final estiveram em sintonia, pois no momento em que a chona diz pára, o Pacheco dispara. Tudo podia ter acabado assim, em coerência fonética, mas como há regras que o Patife é incapaz de desvirtuar na suprema arte fodengueira, no final ela ainda teve de prestar provas no joelhódromo do Patife.

37 comentários:

L.O.L. disse...

Lol. Agora fizeste-me rir com vontade.

Anónimo disse...

BRUTAL!!
Dos melhores.

A Princesa disse...

Olé Pacheco!!! Bjo

Malena disse...

O Pacheco monogâmico?? Não acredito... ;)

Key disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
desejo disse...

Fizeste-me chorar de riso.
Ó Patife, onde vais buscar essa imaginação.
E como todos os singulares matacões, o teu ´deseja a sua alma gémea, ahahahahahaha!
Ainda choro dde riso.
Ah, Patife!



desejo

Anita vai à Tasca disse...

Qual Henry Miller qual quê!!!! Escreve, escreve Patife!!!

Margarida disse...

Ai, que tu és o meu heroi!!!!

Fruto Proibido disse...

Brilhante! E quando penso que já não te podes superar, eis que vem algo ainda mais poderoso!
Uma vénia ao Pacheco. Não me parece que o final desta história seja "E ficaram felizes para sempre"... Segundo percebi vai contra o protocolo, certo?

*Beijinho

S* disse...

Joelhódromo... lindo termo... deve ser o chão do teu quarto. ;)

Isis disse...

"estava anexada a uma gaja" LOL
Do melhor! Ele é tourada, ele é joelhódromo...

Canto da Boca disse...

Patife, me diz, é possível ler-te sem explodir? Em gargalhadas, claro!? Sei que o assunto aqui é da mais extrema importancia, afinal está em jogo também o futuro da humanidade... Mas a sua verve entre cômico, canalha e patife, no fundo é para esconder o maior romântico de todo Portugal, hehehe!
Beijo!

SlaveGirl disse...

Não te deslumbres com pouco.
Vai continuando à procura... talvez um dia acertes de vez.
(Água benta e presunção...)

Numenor disse...

olé!

O Alentejanito disse...

O joelhódromo parece-me bem, mas o cagueiródromo é sempre divinal!

Patife disse...

L.O.L.:
Foi quase isso que a gaja me disse ontem: "Agora fizeste-me vir com vontade". ;)

Anónimo:
Ela também disse quase isso após o avianço: "Das melhores". ;)

A Princesa:
Mas vocês estiveram todos a expiar a minha queca de ontem!?!?!? A meia-foda, após uma técnica inaudita do Pacheco ela gritou: "Olé, Pacheco. ;)

Malena:
Ahahah. Nem eu. Mas não quero que ela não diga que eu não tentei. ;)

desejo:
O Patife gosta tanto de a ver sorrir. É uma imagem que me povoa as manhãs. ;)

Anita vai à Tasca:
Henry Miller!? Isso é que meter pressão sobre as costas, hein? Maior pressão sobre as costas só mesmo quando elas sentem o Pacheco à canzana. ;)

Margarida:
Uma capa ainda uso. Mas se pensas que uso umas ceroulas justas estás muito enganada, hein!? ;)

Fruto Proibido:
É o Supremo Pecado Mortal do protocolo!!!

S*:
Exactamente. Um autêntico santuário. ;)

Isis:
É um circo, isto é um circo. ;)

Canto da Boca:
Ahahahahah. Nunca escondi ser um romântico do pinanço, um lamechas da espetada, um poeta da pranchada. ;)

SlaveGirl:
O que importa é mesmo a procura. Quanto mais tempo demorar, melhor. ;)

Numenor:
Ólarecas. ;)

Patife disse...

O Alentejanito:
Ahahahah. Há tempo e espaço para tudo. Quer dizer, por vezes não há espaço para receber o Pacheco. ;)

Pusinko disse...

Patife, o que se segue agora depois de achar a alma gémea do Pacheco? Vai-se em busca de outra alma gémea? Ou estaciona nessa? Ui... o perigo da monogamice do Pacheco para o futuro deste blog! Medo :)

Patife disse...

Pusinko:
Falso alarme. O Patife é como uma criança mimada que não pode ver um brinquedo novo. ;)

Felina disse...

Estás tramado, vais te ver aflito para convencer o Pacheco a traír a Dona Matacona dos sonhos dele...

xarmus disse...

He pá... agora assustaste-me.

Quando comecei a ler que o teu pacheco procurava uma conaça ginasticada, com um clítoris merecedor de ser considerado obra de arte, de vaginais lábios sábios na sucção, uma mestra na arte de aviar o salpicão, completamente encharcada durante todas as 24 horas do dia e sempre pronta a pinar durante horas a fio... perguntei ao meu gostoso se ele não se importava de dispensar ao teu pacheco uma das tantas conaças dessas que nós temos o prazer de esfodaçar durante horas. Ficámos mais aliviados quando percebemos que tinham encontrado uma assim... mas se quiserem experimentar outras, nós podemos enviar algumas. É na boa. Apesar de não te querer retirar o prazer da caça, nós temos noção da dificuldade que é encontrar umas conaças assim. Se precisarem... disponham.

xarmus disse...

Desculpa lá... este comentário serve apenas para receber os comentáriuos porsteriores que me esqueci de accionar.

Me,myself & I! disse...

Ah,ah...
Em busca da alma gémea...

desejo disse...

"desejo:
O Patife gosta tanto de a ver sorrir. É uma imagem que me povoa as manhãs. ;)"

Sinto-me lisonjeada.


:) desejo

beija.me.tu disse...

Monogamico????!! ate pensei que lia o blog errado...
aaaahhh ja percebi cá pra mim ja marcharam as gajas todas e como repetiste uma delas consideraste isso o mais perto possivel do monogamico, será?
Portugal começa a ser pequeno demais para o Pacheco!!!

Tripolar disse...

E eu a pensar: "oooooh, querem ver que o Pacheco quer assentar?!"

Afinal até queria...assentar nela, aviar e e txau!

Patife disse...

xarmus:
Ahahahah. O Patife quer é continuar a procurar até nunca encontrar. ;)

Me,myself & I!:
Tudo menos a calma gémea. Pinar com calma dá-me sono. ;)

desejo:
O Patife é um galanteador. Mas tenha cuidado. ;)

beija.me.tu:
Sempre disse que a minha maior ambição é dar a Volta ao Mundo em 80 Cricas. ;)

Tripolar:
O Patife só assenta uma vez... em cada uma. ;)

Loversbox disse...

Sinceramente oh Patife, eu não consigo parar de rir a cada texto teu... bom, muito bom! ahah

loversbox

Jo disse...

Ui depois de ler este texto já estava a pensar no perigo de o patife cair na monogamia. É que o blog ia perder a piada, vir cá às 3ªs e 5ªs sempre para ler a mesma coisa ficava chato.
Agora com os comentários fiquei mais descansada:p
Jo
http://viagensporsentimentos.blogspot.com

Patife disse...

Loversbox:
Normalmente dizem que não conseguem parar de se vir a cada sexo meu, mas assim também não deixa de ser simpático. ;)

Jo:
Há riscos que o Patife não corre. ;)

Felina disse...

Está mais que confirmado, tu não admites mas estás apaixonado, até te esqueceste de me responder... eu perdoo te eu sei o são estas coisas do amor

Patife disse...

Felina:
Oh bolas. Deixei-a para o fim, (deixo sempre o melhor para o fim) e depois varreu-se-me. Mas a menina não me volte a ofender, dizendo que o Patife está apaixonado, ouviu? A Dona Matacona entrou na vida do Pacheco (assim como o Pacheco entrou na greta dela) e depois cada qual foi à sua vida. O Pacheco é património universal. ;)

Felina disse...

(tanta imposturice :D )

Percebi Senhor Patife a partir de agora vou ser mais formal com V.Exa vou trata-lo por você e medir bem as palavras

Patife disse...

Felina:
Formal é o Pacheco, pois está sempre em grande forma. Não precisas de medir as palavras, pá, da mesma forma que ninguém precisa de medir o Pacheco. São 30 centímetros. À confiança. ;)

Felina disse...

Uff... voltou tudo à normalidade

Mariluu disse...

Patife?? Tens um joelhódromo?? É que eu acho que tu tens um aeródromo, com a capacidade que tu tens de as fazer levantar voo com o Pacheco :D
Ou então um porta-aviãodrómo pois selectivo como tu és não permites aterragens a qualquer "avião" comercial!! :D

Patife disse...

Mariluu:
Ahahahahaha. Essa foi tão bem esgalhada como a que me esgalharam agora na hora do almoço. ;)