quinta-feira, 30 de setembro de 2010

No mamar é que está o galho

Quem costuma ler as crónicas do Patife está cansado de saber que adoro passear no Chiado. É que fico sempre com as retinas erectas. São mamas bamboleantes a subir, cagueiros saracotantes a descer, nabos palpitantes a crescer. É uma constante de causas-efeitos que acaba sempre com a cara do Patife enterrada em gigantes peitos. Mas ontem acordei ambicioso e estabeleci a meta de engatar duas fanecas para um threesomezinho de comer por casa. Isto porque sempre quis dizer com toda a legitimidade que o Pacheco é um pau de dois bicos. Por isso lá andava eu atento às que passeavam em pares. Com isto apercebi-me que as mulheres andam cada vez mais sozinhas. Ora como toda a gente sabe, o Patife é um cavalheiro à antiga que acha que uma mulher não deve andar desacompanhada na rua. Enquanto me deparo com esta constante, apenas penso: Uma mulher desacompanhada na rua está a dar sinais claros de que quer ficar nua. Achei um bom lema de vida e como a fome do nabo apertava, tanto como lhes costumo apertar os bicos das mamas, decidi esquecer o threesome e lançar-me à que tivesse o vestido mais justo. Calhou ser uma mulher madura de cabelo curto. Sempre gostei muito de mulheres de cabelo curto. É de uma contrastante excitação ver uma mulher de cabelo curto a mamar-me no nabo longo. Acho piada a estas pequenas coisas. Mas continuando: Era uma mulher de cabelo curto e de ar displicente, e estas têm sempre a parreca aparada rente. Pedi licença para me sentar e comecei a falar sem termo. Ela ora ria, ora gargalhava. E já sabem que gosto de mulheres divertidas e de bom humor. Essas dão sempre grandes galhofodas. Estava eu distraído no meu monólogo a gabar humoristicamente os meus feitos pinadeiros quando ela me interrompe, a indelicada, para dizer: moro duas ruas abaixo... Só me apeteceu dizer-lhe: Ó filha espera só um bocadinho que agora estou entretido a escalar o meu Monte Ego. Mas o Pacheco não me deixou prolongar as sete horas sem sexo a que estava submetido. Por isso lá fomos. Assim que se despe percebi logo que afinal aquilo era só fogo de vista. Mas o Pacheco também é só fogo de picha, por isso até estava bem. Como ainda havia vestígios da ideia do pau de dois bicos a sobrevoar a minha mente, conduzi-a ao Pacheco com a elegância e subtileza que me são tão características: Sabes como dizem, boneca... no mamar é que está o galho.

51 comentários:

desejo disse...

Pacheco cada post que escreves fico de boca aberta...
Sem comentários (os colegas olham-me)...sorrio, imagino...

bj da desejo

oral_muito_melhor_que_palavras disse...

Patife, Patife, como já diz o velho dito, "mais vale uma na dita que duas a passear " . . .

Continuo a ler . . .
abraço

Patife disse...

desejo:
Ahahaha. É um capacidade inaudita do Patife: Deixar as mulheres de boca aberta. ;)

oral_muito_melhor_que_palavras:
Ora nem mais. Continuo a escrever. ;)

Sara* disse...

Um tempinho sem ler as patifarias e quando volto vejo que continuas imparável lollll

Patife disse...

Sara*:
Um tempinho sem ler as patifarias é praticamente um crime hediondo. Dez nalgadas de castigo para ti. ;)

Vera, a Loira disse...

Acho que quando for a Lisboa vou ter medo de caminhar na rua.

Crises da Idade disse...

E quando os homens andam sozinhos. O que quer dizer??!

Patife disse...

Vera, a Loira:
Não tenhas medo. O Patife protege-te do papão. Ah, espera, o papão sou eu. ;)

Crises da idade:
Hum... Não sei. As minhas teorias só se debruçam sobre mulheres. É um pouco como o Pacheco. ;)

Mariavaicomasoutras disse...

Ah, meu patife... diria eu que quem não chora não mama e tu com esse Pacheco (pelo que vejo sempre a chorar leite derramado)não vais longe rapaz...ainda acabas tísico e cum esgotamento.
Tantas vezes o Pacheco vai à fonte que um dia...Pum...lá se vai a Bilha(rda)...
Aproveita enquanto fodes...
Abração aqui da Maria Manuel

Patife disse...

Mariavaicomasoutras:
Eu meto-as sempre a chorar exactamente para depois as ver a mamar. Quanto ao Pacheco é uma fonte pinadeira inesgotável. ;)

patriciaa. disse...

as mulheres do Chiado sofrem.

Mariavaicomasoutras disse...

Inesgotável?!Fia-te na Virgem e não corras...vais ver o trambolhão!
Agora compreendo porque é que o Pessoa não levanta o cú da cadeira...pode-lhe aparecer o PP(não é esse é o Pacheco do Patife ou o Patife do Pacheco, para o caso venha o diabo e leve...)

Barão Mervelho disse...

Threesomezinho de comer por casa ahahah! Ohhh como é bom...

Nada como um bom triplano :)

S* disse...

ahahah

Tu estás fiado na virgem mas é... olha que ela é mais rodada que tu.

Patife disse...

patriciaa:
Eheheheh. Mas são a fonte de inspiração do Patife. ;)

Mariavaicomasoutras:
O Patife tem noção da eventual falibilidade. Mas tem de ter um discurso de motivação para ver se o Pacheco ouve a acredita que é mesmo infalível e inesgotável. É apoio psicológico, sempre necessário aos grandes atletas. ;)

Barão Mervelho:
Ahahahah. Plana que é uma maravilha. ;)

S*:
O discurso tem de ser sempre optimista. Pode ser que contagie a performance. ;)

Me disse...

Gostas de mulheres de cabelo curto, especialmente na circunstância do acto da mamada?
Porquê?
Porque não usam o cabelo para tapar a cara??

Será por isso que os homens "fogem" (nem todos) de realizar o mesmo acto nas mulheres?

Isto merecia aprofundamento.

Debruça-te lá sobre isto um cadinho, vá.

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Se calhar estavas melhor com a "Santíssima Trindade" na tua versão britânica, profanada na Igreja dos Mártires...

Resta saber, quem seria o crucificado...

Adorei a lógica da rima:

"Era uma mulher de cabelo curto e de ar displicente, e estas têm sempre a parreca aparada rente"...I wonder why :)

Beijo rente...(ao Crucifixo), Deus me perdoe a blasfémia :)

Patife disse...

Me:
No caso é só mesmo pela dicotomia: Cabelo curto vs verga longa. O Patife não vai mais fundo que isto. Mas o Pacheco vai. ;)

Stargazer:
É uma questão de coerência capilar. E´quero acreditar que Deus perdoa todas as blasfémias trocadilheiras. Caso contrário irei arder no Inferno. ;)

retiro o que disse... disse...

Por momentos lembrei-me dos tempos em que li "o diário do meu pipi", foi apenas lembrança passageira já que o Patife tem muito mais nível e consegue ser muito mais ordinário. ExtraOrdinário, aliás.

Fica uma passagem:
"DICA DE DECORAÇÃO PARA PICHAS CURTAS
Rapar a pintelheira. Uma pintelheira frondosa "come" (porque camufla) um a dois centímetros de picha. Para muitos de vós, isto equivale a 50 ou 75% do nabo. Mais vale cortar essa merda bem rente. Até porque não há coisa mais ridícula do que um leão bebé com uma juba do caralho."

E Patife, não há como uma mulher de cabelo curto, assim como um homem que o traga aparado.

P.S: Vamos publicar as crónicas do Patife? 40/60 e não se fala mais nisso?



Beijo de Best Seller...

Storyteller disse...

Tenho que ver se te vejo pelo Chiado caro Patife.. ahahah :P

Patife disse...

retiro o que disse...:
Ahahahahaha. O Pipi sabia do que falava. Bons tempos esses os do Pipi. ;)

Vamos a isso. Estás nomeada Agente Oficial do Patife. ;)

Storyteller:
É impossível não ver. É o tipo mais charmoso que se passeia por lá sempre a dizer parvoíce. ;)

Me disse...

As vergas longas são sobrestimadas.
Trust Me.

Petra Pink disse...

hahahhahahha eu nem quero imaginar a carrada de mails ordinários e as propostas de patifarias... qualquer dia ficas com o pacheco murcho.

Marta disse...

É só rir :)

Stargazer disse...

Mauvais Mac,

Ley us rot in hell...é tão mais quentinho e promíscuo!

Aliás, eu sou uma espécie de versão lusa do Diabo veste Prada...talvez um pouco menos "bitchy" e certamente menos velha que a Meryl Strip, perdão Streep!

Beijo...infernal!

patriciaa. disse...

e que bela inspiração, não? :p

Vontade de disse...

Oh patife, o Chiado que eu conheço não é assim tão farto em mamas. É mais meninas...

Ulisses disse...

Pá,...
...só não concordei com o teu critério de selecção...

"...lançar-me à que tivesse o vestido mais justo."

Isto, a maior parte das vezes pode ser um erro crasso...

Como eu costumo dizer, o gajo que inventou o Moses Nadler e o Levi Strauss deviam ser condenados...
...são os gajos que mais contribuiram para desilusões masculinas ao longo dos anos...

:)

Patife disse...

Me:
Concordo plenamente. A minha é muito estimada. Sobre-estimada. ;)

Petra Pink:
Era preciso muito desalinhamento de astros para tal calamidade acontecer. ;)

Marta:
É sempre o melhor remédio... a seguir ao Pacheco. ;)

Stargazer:
Sabes como dizem: God is love. But Lucifer does that thing with his tongue. ;)

patriciaa:
Primeiro são uma bela inspiração. Depois acabam numa bela transpiração. ;)

Vontade de:
Depende da hora e do dia. E é preciso ter olho de lince. ;)

Ulisses:
Ahahahah. Concordo plenamente. Daí ter dito que assim que ela se despiu percebi logo que aquilo era só fogo de vista. ;)

GUS disse...

Ai patife que as crónicas passam e ficam cada vez melhores.

Malena disse...

Sete horas sem sexo? Andas a dormir pouco! ;)

Malena disse...

tens um "selo" no meu canto! Tenho a certeza que a tua resposta, se a houver, vai ser comer e chorar por mais! Ai que me enganei! Queria dizer: Vai ser de ler e chorar por mais! :P

Papo de Garota disse...

”Você sabe que pode. Viver sozinha seria terrível, mas não o fim. Você simplesmente se acostumou com a idéia de se deixar cativar, se apaixonar. Ter um ombro, um colo, ter uma fonte segura de desejos. E isso nunca para, somos mimados.”

Charmoso disse...

Oh Patife!! Vou ter de começar a rolar pelo Chiado!! parece que isso é um putódromo do car*lho!

abraço

patriciaa. disse...

pois, já deu para perceber. mas não deixa de ser uma bela transpiração também ;)

Maionese disse...

mulher de cabelo rente
leva por trás e pela frente :)
já dizia o meu sábio avozinho....
mais um grande post
bem haja!

novo post em

http://forcanamaionese.blogspot.com

Juni disse...

patife patife, elas querem conhecer bem as tuas patifarias!:b

João Trolha disse...

Caros leitores deste instutivo einstrutivo blogue:
Amanhã, 1.ª segunda-feira de Outubro é a festa do nabo em Gondomar.
Se querem provar um bom nabo venham a Gondomar. O nabo de Gondomar faz uma sopa divinal. Elas assim o dizem.

Ass: O João

Anónimo disse...

Grande conquistador, quanto pagaste.
As que conheço levam 20euros.
Lol

Patife disse...

GUS:
É. São crónicas à imagem do Pacheco. ;)

Malena:
O Patife é um insone convicto que acha que dormir é sobrevalorizado. Muito obrigado pela menção filatélica. O Patife sente-se honrado. ;)

Papo de Garota:
Isso é mesmo papo de garota. Que por acaso foi o que o Patife andou a comer o fim-de-semana todo: papos de garotas. ;) (Todas bem maiores de idade).

Charmoso:
Nada disso. Quando muito seria um Senhoródromo, que as moças são finas. Ninguém resiste é nao charme natural do Patife, vulgo parvoíve. ;)

patriciaa:
No transpirar é que está o ganho. ;)

Maionese:
Os avôzinhos são uns verdadeiros sábios. Vou começar já hoje a comprovar a teoria. ;)

Juni:
E o Patife está aqui para ajudar, pois sou um cavalheiro incapaz de ver uma donzela em apuros. ;)

João Trolha:
Festa do nabo? Não fui porque iria certamente ganhar o primeiro prémio e depois acusavam-me de concorrência desleal. E teriam razão. ;)

Anónimo:
O Patife é incapaz de fazer batota no grande jogo da sedução. É contra as regras. Só vale lábia para conquistar. Obviamente que ter um grande nabo e um palminho de cara também ajuda. ;)

Brokenheartedgirl disse...

Se a ideia era fazeres rir a plateia: parabéns :)

Obrigado pelo comentário no meu blogue.

Patife disse...

Brokenheartedgirl:
A seguir a fazer vir a plateia, fazer rir a plateia é a especialidade do Patife. ;)

{umbra}_MD disse...

Que boas gargalhadas eu dei por aqui!!!
Obrigada por isso.

Beijos

{umbra}_MD

Patife disse...

{umbra}_MD:
O Patife está aqui para isso. Volte sempre. ;)

B-Rhed Encore disse...

De Patife para Patife.
Suas historias, são realmente muito boas, suas palavras, saem de dedos muito sabido.
Tens consigo mãos de um legitimo escritor.
Seu blog está de parabéns, ja estou seguindo. E conforme escrever, irei vir aqui, e lerei suas crônicas, como leio as de Carlos D. Andrade.

Parabéns

Jorge Pessoa e Silva disse...

Percebo agora em quem se inspiraram os UHF para escreverem a «Rua do Carmo».

Ia agora desfazer-me em elogios ao teu blog, que visito pela primeira vez, mas se a madura do cabelo curto te interrompeu a escalada ao Monte Ego quem sou eu para te dar um empurrãozinho, palavra que, para mais, se presta às mais lastimáveis interpretações...

Vontade de disse...

Acho o senhor Patife um expert na arte de bem seduzir. Ou na arte de me fazer rir, no mínimo.

Patife disse...

B-Rhed Encore:
Quase que deixaste o Patife gago. Bem-vindo e obrigado pelas simpáticas palavras. ;)

Jorge Pessoa e Silva:
Ahahaha. É sensato da tua parte. Até porque agora estava mesmo a escalar uma parte difícil do Monte Ego, que tem uma saliência do tamanho do Pacheco. ;)
Bem-vindo. ;)

Vontade de:
Não me canso de o dizer: As vossas gargalhadas são o meu orgasmo perpétuo. ;)

Dirty Pretty Things disse...

LOOOL tu não és só um patife, és o MAIOR patife ;)

Patife disse...

Dirty Pretty Things:
Ahahah. Nada disso. O maior é o Pacheco. ;)

teodoro disse...

fodase ó patife, o chiado é onde existe mais paneleiros por metro quadrado, cá para mim abafas a palhinha