quinta-feira, 1 de julho de 2010

Más-línguas

Sempre gostei muito do jogo da malha. Aliás, quantas não convenci eu a jogar ao jogo da malha e que depois acabaram a malhar como gente grande na cama do Patife. Isto a propósito de uma confissão. Confesso que já não malhava a bom malhar há três dias. E para o Patife, três dias sem greta é um pouco como milionário sem cheta. Até parece peta. A sorte é que o Patife é uma espécie de camelo sexual. Fode, fode Patife, que o deserto pode aparecer à frente e terás de ficar dias seguido metido em aridez pachachal, apenas com umas miragens fantasiosas para consolar a vista e ficar ainda mais sedento. Ou pachachento, no caso. Por isso, após três dias de trabalho intenso que impediram de me manter fiel ao princípio de CMG – Chona Mínima Garantida – quando ontem me aparece no Chiado uma sublime decotada, penso logo para comigo: Eh lá, mafarrica. Estás tão decotada que certamente estás a pedir para ser desconada. Mas pensei tratar-se de uma miragem devido à travessia no deserto. Ainda assim, miragem ou não, o decote pedia por esclarecimentos. Então, como diria o meu amigo Xerife, pus a carne toda no assador porque há muito tempo não havia churrasco. Após averiguar – com ambas as mãos – que não se tratava de uma miragem, e após duas mamas de conversa, lá lhe dei a volta. Mas o Patife devia saber melhor. O tempo de conversa foi passado com a decotada a falar mal de outras mulheres. Daí ter achado uma grande erro ter-lhe empurrado a cabecita na direcção do Pacheco enquanto lhe dizia: Vá... Para baixo todos os santos ajudam. É que estas mulheres que estão sempre a cortar na casaca são umas verdadeiras más-línguas. E com estas é muito difícil ter um orgasmo via sexo oral. Falo escaldado até de gaja má-língua tem medo. Destas costumo dizer: Nem que a vaca venha com tusa. Mas a vida no deserto não é fácil e aqui o camelo precisava de ir à fonte para relaxar do trabalho. O que acabou por não acontecer pois apenas deixei cair o “t” e foi sempre a aviar no rabalho.

56 comentários:

♀ Liadan disse...

Genial :D

A minha essência disse...

Muito à frente! Em vez de abordares a dita senhora com dois dedos de conversa é logo a pôr os dedos e não só nas mamocas...
Parece-me bem!... ;)
Com final da história pelos vistos também não ficaste mal servido... :P

S* disse...

"pus a carne toda no assador porque há muito tempo não havia churrasco."

Muito tempo... tipo 2 dias?

Rui Caldeira disse...

Pa . . a tua propensão para encontrar gajas decotadas é incrivel . . aposto que até no Polo Norte ou no deserto do Sahaara encontravas uma gaja com as mamas ao léu !

Pedro disse...

O Chiado é uma mina de ouro para o Patife...eu qd lá vou só apanho hippies e camones feitas lagosta.LOL

Patife disse...

Liadan:
É exactamente o que elas dizem no final da performance do Patife. ;)

A minha essência:
É. Primeiro foi muito à frente. Depois foi mesmo por trás. ;)

S*:
Qual dois dias... Está ali na quinta linha. 3 dias inteirinhos sem malhar. 72 horas sem pinar. É muito tempo sem aviar. ;)

Rui Caldeira:
Ahahahaha. Challenge accepted.

Patife disse...

Pedro:
Ehehehe. Isso é porque chegas lá depois do Patife. ;)

desejo disse...

Patife, como deliro com as tuas histórias! Três dias sem malhar é muito?
E, como dizia num dos meus comentários num dos teus posts, bets época, os decotes a mostrarem a mamlhada ao léu, o Partife do Pacheco fica pronto para o (t) rabalho.
Mais um post fantástico.

P.S.: Nem tudo o que vês por aí a descoberto é sinal de pedir "desconada".
Há-as bem apetitosas, mais cobertinha.
Tu sabe-lo.

:) desejo

A minha essência disse...

Risos... porque é que já sabia que irias responder isso, ah? ;)

oral_muito_melhor_que_palavras disse...

"para baixo todos os santos ajudam" verdadeiramente uma reliquia, e relativamente a ser uma mina o chiado, nao me parece, sugeria mais o Atrium Saldanha ;-)

Aquele abraço Patife.

Continuo a ler.

Patife disse...

Desejo:
Três dias sem malhar é a depressão pachecal. O Patife não aguenta. É contra-natura. Os leões têm 50 orgasmos por dia. Que é o objectivo do Patife. Mas o record ainda vai nuns míseros 37. ;)

P.s: Oh se sei... Oh se sei...

A minha essência:
Muito provavelmente porque tu já tinhas usado aqui a expressão "muito à frente" e eu já tinha metido por trás antes. ;)

Patife disse...

oral_muito_melhor_que_palavras:
O Atrium Saldanha? Acredito mas tem a desvantagem de não ser ao ar-livre. E o Patife adora ao ar-livre. ;)

Capitu disse...

Explica-me lá ó Patife, qual é o interesse de tanta ordinarice?

catarina disse...

Com tanta conversa ainda estou prestes a enviar-te um email para ter o Pacheco entre talas.

Lolita disse...

Tu também és um grande patife! Então isso faz-se?! Deixar assim o Pacheco à míngua?! Pobrezinho! Ao menos podias tê-lo entretido nestes 3 dias... ouve lá, tu não me digas que não conheces a expressão: ESGANAR O PATIFE??!!! hehehehe
Ordinarão!!!
Bjs.

Pequena Lince disse...

"Falo escaldado até de gaja má-língua tem medo", malha-lhe mas é no rabedo, Sr. Alfredo!

Agora chamavas-te mesmo Alfredo....lol

Valmont disse...

Ah Grande Patife,

Então e depois disto, as pessoas não te consagram como o maior poeta de sempre? Claro que sim.

The Fine Pair disse...

Essa tua descrição da seca coital fez-me lembrar o Areias. E o Areias lembra-me a Ana e os Queijinhos Frescos. E queijinhos frescos lembram-me gula. E a gula... Hum... Bem, a minha mente já correu com a minha boca e já sabes o que dizem: para quem não gosta de más-línguas, há sempre bocas que vêm por bem... ;)

The Fine Pair disse...

Meu caro Patife, só mais uma coisa:

Gostei da ideia do selo de aprovação. Apesar de não te seguir oficialmente - já que um Bom Par quer-se à frente e de frente! - sou tua (in)fiel leitora. Passa pelo meu estaminé, que está lá o meu docinho para ti. :)

Patife disse...

Capitu:
Faz parte da terapia. Conforme explicado no primeiro post deste blogue. (Ah, e porque o Patife é parvo). ;)

Catarina:
Ahahahaha. Cuidado com o que desejas que ainda te entalas. ;)

Lolita:
Bela expressão essa. Ehehehe. Mas a culpa não foi do Patife. Foi do trabalho. Foi uma carga dos rabalhos.

Patife disse...

Pequena Lince:
Se o Patife se chamasse mesmo Alfredo estava o caldo entornado. E o Pacheco em tornado. ;)

Valmont:
Nunca me hei-de cansar desse teu "Ah, grande Patife".
Poeta do pinanço? Trovador da pinada? Cronista da senisga?

The Fine Pair:
Ahahahahaha. O Patife gosta de bocas que vêm por bem. Oh se gosta.

(Já passei pelo seu estaminé. O teu docinho para mim é a imagem "Tit(illating) blog"?)

Capitu disse...

Explicação dada e aceite. realmente, há quem goste de arroz de tamboril, o Patife gosta de escrever sobre foda ou possível intenção de esfodaçar. Correcto! ;)

Doce Veneno disse...

E eu adoro passar por aqui, sem comentários caros nem eufemismos ;)

Ah e já disse que gosto imenso de passar por aqui?
heehhe

Beijo*

Caia disse...

Só no Chiado... se fosse cá no Norte ainda levavas com uma carteira pela cabeça abaixo :)

Patife disse...

Capitu:
Qualquer dúvida não hesite em perguntar. O Patife está aqui para saciar a sua curiosidade. ;)

Doce Veneno:
Eheheheh. Ainda assim o Patife adora ver essa imagem de perfil retro vintage por aqui. ;)

Caia:
Fazia-se uma troca justa. O Patife levava com a carteira pela cabeça abaixo e elas levavam com o Pacheco pela senisga acima. Sou a favor do comércio justo. ;)

Louise disse...

Patife, confesso que estes posts são um verdadeiro desanuviar da mente.
Imagino que o Patife ainda perca um bom tempo a pensar nesta escrita tão peculiar.

Stargazer disse...

Bad Guy,

Devo dizer-te que este post não está de se lhe tirar o chapéu, mas sim as cuecas fio dental de seda, cor fuchsia a condizer com as flores do vestido que trago hoje.

Curiosamente, tenho um almoço no Chiado, local aprazível que frequento muitas vezes, aliás estive lá ontem à noite para me deleitar - não com um Happening Pachecal ao som de Carmina Burana, preferivelmente com a frescura da ventoínha, mas sentada na plateia das Noites de São Carlos a assistir às Quatro Estações de Vivaldi.

Quem sabe um dia destes em vez de sentar ao colo de Fernando Pessoa na Brasileira, visualizando uma "Fata Morgana" do Patife, tenho o próprio do Autor pronto para uma sessão a três (o Patife, a Stargazer e o Nandinho Appessoado, a servir de cadeirinha e tudo)!!!

Beijo cultural,

Lolita disse...

Patife, lindo, passa no meu estaminé, tenho um miminho para ti ;)) hehehehe

Patife disse...

Louise:
Também são um verdadeiro desanuviar da mente do Patife. Mas sai de forma automática sem grandes pensamentos racionais. É escrita avulsa. Tempo só gosto mesmo de gastar em cavalgadas épicas. ;)

Stargazer:
"Devo dizer-te que este post não está de se lhe tirar o chapéu, mas sim as cuecas fio dental de seda, cor fuchsia a condizer com as flores do vestido que trago hoje".

Disto é que o Patife gosta. Disto, de vestidos de flores e de cuecas fio dental de seda cor fuchsia.

Curiosamente o Patife também almoçou no Chiado hoje e olhou para a estátua Pessoana com outros olhos...

Nota: Olha que traria as tuas cuecas fio dental de seda cor fuchsia de recordação. ;)

Lolita:
Que delícia. O Patife sente-se devidamente mimado. És merecedora da Corneta D´ouro do Patife:

http://1.bp.blogspot.com/_qltj3iYKXH4/TA9pUgJZg8I/AAAAAAAAACw/8mzTGkpr3SA/S220/SeloFFPatife.jpg

The Fine Pair disse...

Sim, meu Patife, é essa mesma.

Patife disse...

The Fine Pair:
Ah... Que maravilha. Vou já a correr colocar aqui ao lado com link directo para o seu "The Boobs Chronicles". ;)

Adoro a imagem e vai embelezar este espaço. ;)

Stargazer disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Stargazer disse...

Meu querido Mauvais Mac,

Estás à vontade...tirar-me as cuecas fio dental de seda no Chiado é algo de que gosto bastante. É só dizeres qual a tua cor favorita que a linda Stargazer lá estará com umas por debaixo do vestido para tu tirares.

Ou melhor ainda, repetir uma das minhas aventuras favoritas: eu levo as cuecas já tiradas, e vou de vestido (como é habitual) sem nada por baixo.

Achas bem Bad Guy?

Beijo sofisticadamente simples como a seda

:)

P.S. Daqui a 5 minutos terás um desafio para ti lá no meu estaminé (e isto não é publicidade para lá ires, como sabes...)

Patife disse...

Sr. Comentário eliminado:
É um prazer voltar a vê-lo. Já não passava por aqui há algum tempo. ;)

Stargazer:
O Patife aplaude a ideia. Se há coisa que o Patife gosta é de vestidos sem nada por baixo. (Mas levo as cuecas para casa como souvenir fetichista, hein?)

P.S: O Patife adora desafios. ;)

The Fine Pair disse...

Um Patife trabalhador como tu merece! ;)

(E obrigada, também!) :)

Petra Pink disse...

patife és um ordinário como eu ja anteriormente disse.
Mas consegues ser mais poeta ainda.....
por isso apesar de tanta ordinarice que a gente adora......... seja te dado o mérito.
E cada vez que escreves aqui uma dessas pérolas, o Bocage rói as unhas de inveja e raiva dentro da sua tumba.

Stargazer disse...

Bad Guy,

Claro que podes levar o Troféu para casa... Recordações fetichistas fazem-me lembrar um dos meus filmes favoritos "As Noites de China Blue" com a Kathleen Turner e o Anthony Perkins.

Anos 80 no seu melhor!

Ui do que tu me foste lembrar com "fetiches"... silk&satin, leather&lace, as palavras que melhor definem a Stargazer!!!

Malena disse...

Oh homem! Tu ainda vais ficar como os heróis românticos... TUBERCULOSO! :P E não é de tanto amar, é de tanto esfodaçar! :P

Lolita disse...

Patife,
A Lolita adoraria ter lá na montra a tua corneta d'ouro.
Porém...todavia... não abstante, acho que aquilo lá pelos lados da sapolândia não está a funcionar. Complicados do catano!!! pffff... De modos que, não penseis vós, que é má vontade de Lolita Maria não postar a sua corneta, longe de mim!! Aliás, quem não anseia ter a corneta do Patife!!! hehehe... mas a realidade, para minha infeliz vontade, é mesmo essa... sniff...
De qualquer forma, agradeço a amabilidade, seu Ordinário!!!

Libertya... disse...

Bem, de camelo sexual ao leão com 50 orgasmos diários, só te faltam 13... não espera, 39... mas pelo teu post, fiquei na duvida se o 3º dia contabilizou ou não!

(t)rabalho Patife? (t)rabalho?!?! As coisas que eu aprendo por cá... é só cultura!
Ups, não li o T... ou será que li? fico sempre a pensar se é para o incluir, ou não pá!


És o máior!

Vontade de disse...

Patife, és tão ordinário que te acho um charme.

Mas falo escaldado= Isso está mau homem...

desejo disse...

50 por dia e vais em 37? Not bad, Patife, not bad.

kiss


:) desejo

alexandra disse...

Óh Patife... tive um cão que tinha esse nome e das artes do entalanço ele ficava muito a dever e não foi por falta de cadelas... mas ladrar ladrava muito.

Curiosa disse...

rsrsrs
adoro como escreves ...
Veja1 A google 'removeu' meu blog sem me dar a menor satisfação .. então estou recomeçando ... das cinzas, como a fênix ...
bjos querido ...

Storyteller disse...

Acabei de ler todos os textos, a tua escrita é sublime *
Tanta hora no portatil, vou ao Brazileira beber café. Passo cá na terça para ler o novo post!

Um bj Patife

Patife disse...

The Fine Pair:
O Patife está contente. A imagem fica uma delícia aqui ao lado. ;)

Petra Pink:
Ahahahahaha. Não me compare a esse grande senhor que dizia: "Por variar, nas mãos meti-lhe a teta;
Tosse o pai, foge a filha... Oh vida errada! Lá me ficou em meio uma punheta!"

Até porque o Grande Bocage escrevia a sério. O Patife só escreve para brincar. ;)

Stargazer:
Woohoo. O Patife imagina o troféu e imagino tudo o que faria com o troféu. Eheheheh. ;)

"silk&satin, leather&lace, As Noites de China Blue"... A minha Stargazer sabe...

Patife disse...

Malena:
Ahahahah. TUBERCULOSO não. É mais SUPERGULOSO. ;)

Lolita:
Tens toda a minha estima sempre que me chamas ordinário. ;)

Libertya:
O Patife gosta de ter trabalho no rabalho. Assim como gosta de dar uma carga dos trabalhos no rabalho. ;)

O 3º dia contabilizou, pois. Uma secura de 3 dias não volta o Patife a passar.

Vontade de:
Ahahahah. É. A ordinarice é o charme natural do Patife. Falo escaldado é do pior. ;)

Desejo:
Mas o Patife persegue as 50. Não tenho é quem me acompanhe em 50 cavalgadas por dia. È que o Pacheco não é meigo e ficam sempre com a crica em brasa. ;) (eish... Patife a esticar a corda).

Alexandra:
E julgas que o Patife não ladra!? Em noites de lua cheia até uiva. ;)

Curiosa:
É um pouco como o Pacheco. Também gosta de recomeçar. Mas é uma brasa que não faz cinzas. ;)

Storyteller:
Ahahahahahah. O Patife sente-se honrado pela leitura de todos os posts. E cuidado que o Patife costuma beber café na Brasileira. ;)

retiro o que disse... disse...

O que vale é que as tuas rimas são coesas como mulher que dá demasiado à língua ser má na línguas.
Eu vejo o exemplo da vizinha do 3º. Fala, fala, fala, mas na verdade só ela é que geme, porque o marido nem barulho na cama faz...
Cá para mim, gosta tanto de falar, que falo que é importante, não entra naquela cama...

Hoje estou do contra. E contra-analisando, sozinhas as mulheres também fazem milagres, mesmo que as línguas não alcancem o local, podem sempre lá chegar por vias travessas. Ou seja lá isso o que for.
Fode, fode Patife, que com a chegada do Verão, vai ser uma secura que nem o governo vai dar ajudas para os nabos que morrem à sede.

Beijo da terra dos nabos (por acaso até sou, mas vendo bem, só podia ser!)

retiro o que disse... disse...

No mundo do Patife ainda não é terça-feira?
Tou à espera...

Patife disse...

Retiro o que disse...:
Tudo no Patife é coeso. E o Patife tem uma queda por vizinhas do 3º andar tagarelas. Há sempre formas simpáticas de lhes tapar a boca:

Eu gosto que estejas do contra. Se tirares só duas consoantes, então até alinho contigo. ;)

Terra dos nabos? Hmmm... Agora fiquei a pensar na tua nabiça. ;)

S* disse...

3 dias é realmente muito... nem sei como te aguentas. lol

Raposa disse...

Se há coisa que a Raposa sabe é usar a sua lingua.
Um abraço.
Raposa

Raposa disse...

Ninguém se queixa da lingua da Raposa.
Raposa

Patife disse...

Retiro o que disse...:
O Patife aprecia ver a menina retiro assim ansiosa pelas suas palavras. ;)

S*:
3 dias é um martírio que conduz o Pacheco à depressão e ninguém quer o Pacheco deprimido. ;)

Raposa:
Ah raposa. Disso é que o mundo precisa. Bem-vinda a este recanto de patifaria verbal. ;)

Senhor Geninho disse...

Já devias saber que essas mulheres má-língua são umas desbocadas! os teus receios eram infundados! ;D

Patife disse...

Senhor Geninho:
Vivendo, fodendo e aprendendo. ;)