quinta-feira, 3 de junho de 2010

A gargalhuda

Esta manhã acordei com um desejo inóspito de meter o pimpolho no primeiro entrefolho que me aparecesse à frente. É um desafio perigoso se pensarem bem, pois não podemos controlar a qualidade da marafona que nos surge em primeiro lugar diante da vista. Mas há dias em que um tipo deve ser fiel aos seus princípios e aos seus desejos. Além disso, como sempre segui a expressão a ocasião faz o tesão decidi lançar-me à berlaitada na primeira crica que me desse os bons-dias. Assim foi. Desço as escadas do meu terceiro andar sem elevador de olhos fechados para não trombar com a Dona Guilhermina, uma velha vizinha chata que tem todo o ar de ter cona de foca - com bigodes e a cheirar a peixe, portanto. Então lá fui descendo aos repelões e às apalpadelas, a agarrar tudo como se fossem as tetas da sueca do segundo direito, não fossem elas, quer dizer ela, aparecer pela escada e eu perder tal oportunidade mamaçal. Ainda nem tinha aberto a porta da rua e já estava a ouvir uma gargalhada feminina mesmo a passar em frente. Aquela mulher gargalhava como ninguém. Direi mesmo que tinha um bom gargalho. Já eu tenho algo foneticamente muito semelhante. Analisei, então, em breves segundos a gargalhada da gargalhuda e como fiquei com a pichota bem-disposta e com tusa continuei o movimento de saída. De facto a gargalhada era boa, mas a trenga não valia uma beata. Aliás, já conheci beatas mais apetitosas lá na terra da senhora minha mãe. Mas o Patife é um homem de palavra por isso levou a sua avante. Já ela levou com a minha por trás. Quando a vi ainda pensei o melhor é meter a viola no saco e ir para casa. O que, na verdade, foi mais ao menos o que aconteceu porque lhe meti o violão no papo. E fui para casa.

42 comentários:

Margarida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Azael disse...

Nem tudo que reluz é ouro...às vezes mais vale meter a viola no saco do que tocar para ouvidos surdos!Mas no teu caso sendo surda ou não ...lá ouviu a composição!



abraço e boas patifarias!

Margarida disse...

Quando li que ias meter o pimpolho no primeiro entrefolho que te aparecesse à frente, fiquei com medo que esbarrasses com a Isilda. Já me estavas a dar pena!

Cona de foca é muito bom (salvo seja), oh Patife. As coisas que eu aprendo contigo.

Se para a próxima não quiseres apanhar a beata desprevenida, podes oferecer-lhe umas bolas chinesas e dizer-lhe que é a nova moda de rezar o terço.

Dora disse...

Ainda estou indecisa entre cona-de-foca ou entrefolhos...

Ana disse...

e foi assim tão fácil?????? ver e comer????? deve ser deve...

olha, diz-me por onde andas que é para ver se me atravesso no teu caminho. pode ser que tenha sorte.

beijo

CC disse...

veni, vidi, vici!! Boa patife! Sempre a aprender....

A minha essência disse...

Eh pá! Devias ser mais selecto! Assim não dá pica! :)

Beijos

S* disse...

Cona de foca é uma expressão genial. :P

E como foi o engate??

Libertya... disse...

Na volta a vizinha detentora do espécimen Zoomarine tinha-te safado melhor... Ainda te abria o apetite para o almoço e tudo!

Gingerbread Girl disse...

Mas levaste o violão ou ele ficou lá? Não se larga assim as coisas por aí. :\

Malena disse...

E a foca...bateu palminhas?

Valmont disse...

ah Patife,

as mulheres que gargalham... essas são mulheres que gostam de rir...caso contrário não gargalhavam. conheci em tempos uma mulher catequista que gargalhava alto e digo-te que era qualquer coisa de divina. também pode ser das catequistas...

uma gargalhuda... nem mais patife...até chorou... continuas grande Patife

Mariana marciana disse...

Genial!! Os meus mais sinceros parabéns!!
Primeira visita e já aprendi uma expressão nova ;)

Pedro disse...

LOL
Adorava saber as frases de engate do Patife...

Patife disse...

Sr Comentário Eliminado:
Bem-vindo ao Fode Fode Patife. è um prazer tê-lo por cá.

Azael:
Eheheh. É mais um ditado. O Pacheco é que dita as leis.

Margarida:
O Patife é um pedagogo do pinanço. No final do ano farei um teste e quero ver se és das melhores da turma. ;).

Dora:
Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas consulte o Patife, o seu consultor terapêutico.

Ana:
Acredito que possa ser difícil de acredita. Que dizer? O Patife é uma fonte de charme natural, um Chick Magnet, um Dínamo de Tesão.

CC:
O Patife esmera-se por passar os seus sábios ensinamentos a tão aplicada turma. O Patife é um pedagogo do pinanço.

A minha essência:
Um desafio às cegas é irresistível. O Patife aprecia desafios, mesmo correndo riscos de ter de aviar tranca saloia.

S*:
O engate do Patife é aparecer. O resto, não sei como, acontece por si. ;)

Libertya:
Epá... focas sexagenárias não são para o bico do Patife!

Gingerbread Girl:
(Ginger, filha, que o Patife pensou que te tinha perdido). O Patife nunca deixa o seu violão. Mete-o no papo alheio mas traz de volta. Que ainda tem muita música para tocar. ;)

Malena:
Ahahahahah. O Patife esforça-se por acreditar que toda e qualquer foca bate palminhas à passagem do Patife. Mas, lá está, o Patife é parvo e patafísico por isso pode acreditar em toda e qualquer solução imaginária.

Valmont:
O Patife está contigo. As catequistas têm qualquer coisa de diabólico dentro delas.

Mariana Marciana:
O que julgavas!? Isto é um espaço altamente educativo. Aqui só se aprende. Parvoíce. ;)

Patife disse...

Pedro:
Já aqui se disse: o engate do Patife é aparecer. O resto apenas acontece. Não estar no engate é a melhor forma de engatar. E de lhes engatar o Pacheco por trás.

Felina disse...

O patife é mesmso um homem fácil... qualquer uma o pode ter no papo

Patife disse...

Felina:
Desengane-se. O Patife é muito difícil. De aturar. ;)

Alentejano disse...

Gargalhuda ou farfalhuda?Tu queres é meter em quente ou queres meter o dente?Porra tanta concorrência até parece que não há vizinhas com opulência...daquelas com uma ganda peida e com um ganda par de mamas?!"!!Foda-se?!!!

Canhota! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canhota! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Canhota! disse...

Veja lá se qualque dia ainda apanha um "lobo marinho" disfarçado de "foca"!!!

Blog atrevidote mas muito giro!

Parabêns!!!

Corset disse...

"cona de foca"... priceless! ahahahah

Lolita disse...

hehehe, ouve lá, isto vai aqui uma patifaria do carago!!!
Mas, Patife, tens que ser mais selecto! Isto de enfiar o patifezinho no primeiro entrefolho que te apareça, é uma autêntica aventura!hehe
Ahh, a "cona de foca" - vou apontar!

Petra Pink disse...

oh patife... tu devias era ter ficado pela d. guilhermina!
lool

Patife disse...

Sr. Comentário Eliminado:
Volte sempre. Mesmo a dobrar. Que o Patife gosta de uma boa dobrada.

Canhota:
Atrevidote!? Atrevidote!?!? Patifote, quando muito. ;)

Corset:
Já o Pacheco é princeless. Bem-vinda ao recanto de Patifaria.

Lolita:
Uma aventura de vez em quando para abanar o sistema só faz bem ao Patife. E vendo bem as coisas, sempre dá azo a histórias para contar. Sim, que eu só faço isto por vocês. "One for the team". Deviam era erguer uma estátua ao Patife. ;)

Petra Pink:
Ahahaha. O Patife não sabe amestrar focas. ;)

Lolita disse...

Olha-me este Bardajão, quer estátua!!!
Presunção e água benta, não???!!! hehehe
Meu lindo, se o Patife gosta de aventuras que abanem o sistema, a gente não se importa!!!
Continua a deleitar-nos com as tuas histórias, porque essas sim, são aventuras que abanam o sistema ;)

Bjs

Patife disse...

Lolita:
Uma vez o Patife abanou o sistema de um elevador de tal modo que a coisa esteve por um fio. Já a coisa dela esteve por um cabo de aço. ;)

Waldorfa disse...

Patife se a gargalhada não te agrada mais vale saires daí, não vá ela ter cócegas e nunca mais se calar.

Oh Patife ando preocupada contigo, andas com azar nos ultimos engates, que se passa?

Patife disse...

Waldorfa:
O Patife sabe como lhes ocupar a boca caso não goste das suas gargalhadas. ;)

Não te preocupes dear Waldorfa. O Patife só relata o que de mais estranho/bizarro lhe acontece. Engates sem sobressaltos e que correm bem não têm propriamente grande potencial de relato...

Waldorfa disse...

Já fico mais descansada, é que o que seria de mim se o meu idolo (Patife/Pacheco) começa-se a cair na rua da amargura!

retiro o que disse... disse...

Desta vez tardei, mas surgi.
O sol, que é O sol, não se vem sempre ao mesmo tempo, e a retiro fez um retido e aproveitou os dias para relaxar.

Pois bem, gargalhada soltei eu quando li a cona de foca! Impossível ficar indiferente.
Daí também entender o facto do Patife não ter ficado indiferente e não ter seguido em frente sem que antes lhe fosse por trás.

Patife, é de mim, ou as tuas berlaitadas andam um pouco em baixo de qualidade? Vamos lá arrebitar o pepino e não malhar na primeira coisa que respire! Quer dizer, por enquanto ainda fechas os olhos à D. Guilhermina, mas daqui por uns tempos, não sei não...

Beijo 1/2 parvo.

Patife disse...

Waldorfa:
Nada receies. Histo e firme até à última gota.

Retiro o que disse...:
Ah bom. O Patife suspira de alívio que já pensava ter caído no esquecimento da miss retiro.

É verdade my dear. As últimas berlaitadas do Patife têm dado buraco. (ops... todas dão buraco, na verdade). Mas isso é porque o Patife se dá a desafios bizarros como este de papar a primeira do dia para aumentar o potencial humorísticos dos relatos. ;)

Rui Caldeira disse...

Patife, tou curioso por ver um relato teu de um acto sexual brutal, animalesco e que inclua gelados da OLá que já não são fabricados em Portugal. Cona de foca é algo que irá assombrar o meu esconço cerebral pelo menos até tomar banho

Patife disse...

Rui Caldeira:
Challenge accepted.
A mim assombra-me todas as manhãs. ;)

Rui Caldeira disse...

A manhã para mim é a parte do dia mais dolorosa devido ao tesão do mijo . . e como tou meio ensonado vou a bater com ele nas paredes desde o quarto até à sala :|

Alice disse...

nem sei o que dizer

Patife disse...

Rui Caldeira:
Já vi que partilhamos do mesmo mal bacamartiano. ;) O Patife mandou instalar um urinol do tecto do wc.

Alice:
Desde que a menina Alice não fique boquiaberta de espanto, não corre perigos. ;)

*XS* disse...

Retiro o que disse... podemos sempre chamar-lhe Patifinho, que tal?!

P.S. Não é o tamanho da boca que conta. É a profundidade da garganta e o movimento de lábios e língua... Patifinho!!!

[Risada!!]

Patife disse...

*XS*:
(Presumo que este comentário seja para o post aqui em cima).

As meninas retiro e *XS* portem-se bem e tratem de chamar nomes feios ao Patife. Essas coisas com diminutivos arrepiam-me. Até porque o Patife é mais de maiúsculas. ;)

Alice disse...

LOL, é que não sei mesmo o que dizer. Raramente fico sem palavras, parabéns sr. patife.

Patife disse...

Alice:
É um prazer poder servi-la. Muitas quem passam pela cama do Patife também ficam sem palavras para descrever. ;)